Rio Muriaé segue subindo e deixa Defesa Civil de Campos e SJB em atenção - CMN - Campos Magazine News

News

domingo, 21 de fevereiro de 2021

Rio Muriaé segue subindo e deixa Defesa Civil de Campos e SJB em atenção

 

Divulgação - PMCG

O rio Muriaé recebeu muita água da região de Minas Gerais, onde houve enchente na última sexta-feira (19), no município de Manhuaçu e deixou as equipes da Defesa Civil de Campos dos Goytacazes e São João da Barra em estado de alerta.


A Secretaria Municipal de Defesa Civil de Campos e a Cooperativa Agroindustrial do Estado do Rio de Janeiro (Coagro), realizaram neste sábado (20), o tamponamento de um manilhão na localidade de Três Vendas.


O secretário e o subsecretário de Defesa Civil, respectivamente coronel Alcemir Pascoutto e major Edison Pessanha, acompanharam as ações no local e informaram que o impacto da chegada desse volume de água deve ser menor em Campos, uma vez que o rio Paraíba do Sul está com o nível normalizado. Os serviços já foram concluídos.


São João da Barra


A medida preventiva foi adota de forma emergencial para minimizar possíveis danos causados à comunidade de Três Vendas, caso haja transbordamento do Rio Muriaé naquela região. O tamponamento dificulta a passagem de um grande volume de água e reduz as chances de inundação da localidade.


Já em São João da Barra, a Defesa Civil segue com o monitoramento dos diques. Neste sábado, a medição do nível do rio Paraíba do Sul, às 6h, estava marcando 5,30 metros, já às 18h, 5,25m. Em Campos, atingiu 6,40 metros na manhã de hoje.


Na noite de ontem, 19, choveu apenas 5 milímetros em São João da Barra.


Porciúncula


O rio Carangola ultrapassou a marca de 8 metros neste sábado, 20, alagando ruas de diversos bairros e desalojando centenas de pessoas.


Às 17h, o nível do rio atingiu 8,13 metros. Na cidade, a cota de atenção é de 3,80m, de alerta 4,80m e a de inundação é de 5,20.


Equipes da Prefeitura Municipal estão agindo desde a manhã de ontem, sexta-feira, 19, para atender a população. A Secretaria de Promoção Social providenciou abrigos com toda a assistência aos desalojados. Centenas de pessoas foram encaminhadas à Escola Mirela Meira Lira, à Creche Vovó Dininha e ao Colégio Estadual José de Lannes, onde assistentes sociais do município prestam atendimento às famílias desabrigadas.


As pessoas desabrigadas nos colégios são catalogadas e recebem café da manhã, almoço e jantar, material de higiene, informações e máscaras.












Parahybano | PMCG

Nenhum comentário:

Postar um comentário