Petrobras concorda com modelo de concessão do heliporto proposto pela Prefeitura - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 11 de março de 2020

Petrobras concorda com modelo de concessão do heliporto proposto pela Prefeitura

Prefeito Rafael Diniz se reuniu nesta quarta-feira com diretores da estatal, que confirmaram interesse em continuar operando no Farol de São Thomé
Foto: Divulgação
O prefeito de Campos, Rafael Diniz, esteve reunido nesta quarta-feira (11), com a direção da Petrobras para tratar do Heliporto do Farol de São Thomé. A direção da estatal confirmou que concorda com o modelo de concessão proposto pela Prefeitura de Campos para continuar operando voos na unidade. O encontro aconteceu na sede da estatal no Rio de Janeiro.

É um prazer receber aqui o prefeito e a delegação do município e reforçar a mensagem da Petrobras, do nosso compromisso com a região norte do estado do Rio de Janeiro e o desenvolvimento dessa região. Nós temos a missão de explorar e produzir petróleo e gás natural no Brasil. Somos a empresa líder do Brasil neste setor, e a nossa presença nos municípios do Rio de Janeiro que são zonas confrontantes com essa área de produção é muito importante – disse o Diretor executivo de Relacionamento Institucional da Petrobras, Roberto Ardenghy. 

A área onde funciona o Heliporto do Farol foi cedida à Petrobras em 1994 por um período de 20 anos, prazo que se encerrou em 2014. A pedido da própria estatal, está sendo negociada com a Prefeitura de Campos uma solução do ponto de vista legal para que as operações continuem. 

A todo instante eu venho defendendo um trabalho sério, responsável e correto da nossa gestão, entendendo a necessidade do modelo de concessão. E hoje a diretoria da Petrobras informou que concorda com este modelo, afirmando que essa forma de trabalho não trará prejuízo às suas operações no Farol. A Petrobras concorda plenamente com a forma como a gente vem trabalhando, de forma séria, responsável e correta. Nossa gestão trabalha para manter este importante investimento não apenas para o Farol, mas para a Baixada e também nossa cidade – disse Rafael Diniz. 

As negociações já acontecem há alguns meses, com a realização de várias reuniões com representantes da Petrobras e da Prefeitura de Campos. O acordo já vinha sendo encaminhado nas últimas semanas. Através de ofício endereçado ao prefeito Rafael Diniz no dia 13 de fevereiro, o gerente geral de Serviços de Suporte às Operações de E&P confirma “pleno entendimento do processo conduzido por essa Prefeitura no sentido de realizar a concessão do Heliporto do Farol de São Thomé”. O ofício destaca, ainda, que “o processo, da forma como está proposto e conduzido pela Prefeitura, não trará prejuízos à Petrobras, e portanto não temos nenhuma objeção a fazer”. 

O prefeito criticou as notícias falsas que vêm sendo veiculadas, causando insegurança no comércio da cidade, especialmente no Farol. “Isso acaba mostrando a forma como outros vêm trabalhando, querendo o ‘quanto pior melhor’. Esta é uma politicagem barata, que só traz atraso para nossa cidade. Agora a gente continua com reuniões e tratativas para poder avançar e realizar esta concessão. Queremos manter o heliporto, que é um investimento importante para a prefeitura, a Petrobras e nossa população, especialmente do Farol e da Baixada”, comentou. 

Também participaram da reunião desta quarta-feira o procurador-geral do Município, José Paes Neto; o presidente da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), Vinicius Vieira; o secretário executivo do Comitê Gestor de Parceria Público Privada, Thiago Dias; o superintendente de Comunicação, Thiago Bellotti; e os diretores da Petrobras Fábio Sartori, Caroline Vollu, Fernando Borges e Gustavo Cotrim.
Foto: Divulgação




Supcom

Nenhum comentário:

Postar um comentário