Exame de idoso que morreu em Nova Friburgo dá negativo para coronavírus - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 2 de março de 2020

Exame de idoso que morreu em Nova Friburgo dá negativo para coronavírus

Diagnóstico laboratorial de casos suspeitos do novo coronavírus 
Divulgação/ Fiocruz

O resultado do exame do idoso que morreu em Nova Friburgo deu negativo para o coronavírus. A informação foi divulgada neste domingo (1º) em nota oficial emitida pela Prefeitura de Nova Friburgo. O idoso estava internado no Hospital Raul Sertã e morreu na madrugada de sábado. 

"Nas últimas horas de ontem, (29/02/2020), recebemos a informação da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, de que o exame, realizado pela Fiocruz, do paciente de Nova Friburgo, que foi comunicado óbito na tarde do mesmo dia, deu negativo para Covid-19. O paciente faleceu vítima de comorbidades preexistentes. O resultado do exame descarta a ocorrência de contaminação pelo Novo Coronavírus, neste caso", informou a nota.

Até o momento, a Secretaria de Estado de Saúde contabiliza 17 casos suspeitos de infecção pelo Novo Coronavírus (Covid-19). Os casos foram registrados nos seguintes municípios: Rio de Janeiro (8, sendo seis residentes e dois estrangeiros), Niterói (3), Maricá (1), Macaé (1), Nova Friburgo (1), Resende (1) e Nova Iguaçu (1 estrangeiro). Além desses, uma notificação foi feita por Niterói, mas o local da residência ainda está sendo investigado. Além dos sintomas respiratórios, os pacientes têm histórico de viagem para países com circulação ativa do vírus. Em Campos também há um casos suspeito, porém não foi contabilizado pela Secretaria de Estado de Saúde ainda.

Ministério da Saúde confirma segundo caso de coronavírus

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo notificou o Ministério da Saúde (MS) de mais um caso confirmado de coronavírus. O paciente, um homem de 32 anos, esteve na Itália e chegou ao Brasil na quinta-feira (27). Ele chegou acompanhado da mulher de Milão, na região da Lombardia. Ainda no voo usou máscara e a acompanhante não apresenta sintomas da doença.

Até o momento, o Ministério da Saúde (MS) monitora 182 casos suspeitos e dois confirmados no país. Já foram descartados 71 casos.

O paciente foi atendido no Hospital Israelita Albert Einstein na sexta-feira (28). Durante o atendimento o viajante relatou febre, tosse, dor de garganta, dor muscular e dor de cabeça. O quadro clínico foi considerado leve e estável. “A orientação foi de isolamento domiciliar, uma vez que o quadro clínico é leve e estável. O hospital adotou todas as medidas preventivas para transmissão por gotículas”, diz nota divulgada pelo ministério na noite de sábado (29).

As secretarias estadual e municipal de saúde de São Paulo e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) procuram as pessoas que possam ter tido contato com o paciente durante o voo ou em outros locais.






Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário