No sufoco e na raça! Flamengo vira no fim do jogo e derrota o Athletico-PR no Maracanã - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 27 de maio de 2019

No sufoco e na raça! Flamengo vira no fim do jogo e derrota o Athletico-PR no Maracanã

Flamengo levou a melhor e venceu o Athletico-PR - Clever Felix/Parceiro/Agência O Dia
Rio - Foi na raça, mas o Flamengo voltou a vencer pelo Brasileirão. Os cariocas saíram na frente, sofreram a virada, mas buscaram a vitória sobre a equipe alternativa do Athletico-PR. No fim, 3 a 2 para o Flamengo em um Maracanã bastante cheio.

O resultado deixa a situação do técnico Abel Braga cada vez mais tensa na Gávea. O comandante foi muito vaiado durante quase todo o segundo tempo, principalmente depois que o Furacão empatou. A equipe paranaense veio para o Rio de Janeiro com apenas três titulares, poupando o time para a decisão da Recopa Sul-Americana, contra o River Plate, da Argentina.

Ciente de que o triunfo era fundamental para não ver o Palmeiras se distanciar cada vez mais na liderança, o Flamengo começou o jogo com o pé no acelerador. Bruno Henrique e Gabriel Barbosa tiveram pelo menos duas boas oportunidades para abrir o marcador, mas o goleiro Santos estava inspirado. O Athletico, por sua vez, mesmo com um time misto, também deu trabalho a Diego Alves.

Aos 31 minutos, depois que Gabriel Barbosa foi derrubado na área pelo camisa 1 paranaense, o Árbitro de Vídeo entrou em ação pela primeira vez. Na cobrança, o camisa 9 marcou e acabou com o jejum de quatro partidas.

Organizado e perigoso nas saídas rápidas, o Athletico melhorou muito na etapa final. Aos 18, após boa jogada pela direita, Marcelo Cirino, sozinho na pequena área, empatou. Quase na sequência, aos 24, o Árbitro de Vídeo tornou a aparecer. Pênalti para o Furacão, que Cirino bateu muito mal no meio, mas Diego Alves aceitou. Irritada, a torcida pegou no pé do apoiador Diego e, claro, de Abel Braga.

Quando tudo parecia perdido, o Flamengo foi buscar a virada depois dos 40 minutos. Bruno Hnrique deixou tudo igual, após cruzamento da direita. Já nos acréscimos, Rodrigo Caio decidiu e deu a virada para o clube carioca.


O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net