Criança com Covid-19 continua em estado grave 11 dias após ser transferida de helicóptero para hospital do Rio - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Criança com Covid-19 continua em estado grave 11 dias após ser transferida de helicóptero para hospital do Rio

 

 Foto: Reprodução/TV Globo


O menino de 8 anos e com Covid-19, que foi transferido em um helicóptero da Marinha da cidade de São José de Ubá, no Noroeste Fluminense, para um hospital do Rio de Janeiro há 11 dias, permanece internado em estado grave no CTI. A informação é da secretaria municipal de Saúde do Rio (SMS).


O menino foi encaminhado para o Hospital Jesus, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio, no último dia 7 de dezembro. A unidade é referência em UTI Pediátrica para pacientes infantis com Covid-19.


De acordo com os médicos, a criança foi internada no dia 1 de dezembro, com 90% dos pulmões comprometidos pela doença e necessitando de tratamento especializado.


Apesar de continuar em estado grave, a SMS informou que o menino está estável.


Além da Marinha, a operação foi feita em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) e o Corpo de Bombeiros.


A ação contou com apoio logístico de uma ambulância de UTI Móvel do 21º Grupamento de Bombeiro Militar de Itaperuna, que levou o paciente até o aeroporto de Campos dos Goytacazes, no Norte do estado. De lá, uma aeronave Super Cougar da Marinha do Brasil, realizou, sob forte chuva, o transporte aéreo até o Terceiro Comar, no Aeroporto Santos Dumont, onde a SES orientou toda a operação de resgate e aguardava a chegada do menino.


Militares que fizeram o resgate recebem medalha


Na última quarta-feira (16), a secretaria estadual de Saúde e a Defesa Civil prestaram uma homenagem aos militares que participaram da transferência dele até o hospital da capital.


O comandante da Força Aeronaval, contra-almirante Paulo Renato Rohwer Santos, foi condecorado com a Medalha Ordem do Mérito de Bombeiro Militar e os demais tripulantes da aeronave foram agraciados com a medalha Avante Bombeiro, são eles o capitão de fragata Alexandre Albuquerque Rosa; os capitães de corveta Rodrigo Ian Simões de Abreu Leite Bacelar, Alexandre Magalhães da Cunha e Rafael Silva do Nascimento; o capitães-tenentes Anderson de Oliveira Bragagnolo e Caio Cesar Leite Barros; o suboficial Osmir de Almeida Reis; a terceiro sargento Renata Souza Oliveira; e o cabo Douglas Bruno Soares de Andrade.











Por G1 — Norte Fluminense

Nenhum comentário:

Postar um comentário