Wladimir ganha em eleição apertada e agora precisa vencer no TSE também - CMN - Campos Magazine News

News

domingo, 29 de novembro de 2020

Wladimir ganha em eleição apertada e agora precisa vencer no TSE também

 

Divulgação

Wladimir Garotinho (PSD) foi eleito prefeito de Campos com 98,50% das urnas apuradas, até às 18h50. Agora, a chapa Wladimir Garotinho/Frederico Paes depende do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para sair da condição sub judice e governar a cidade a partir de janeiro de 2021. Caso Wladimir perca no TSE, Campos deverá ter novas eleições.

Resultado nas urnas revela uma cidade rachada e recorde de abstenção. Mais de 100 mil eleitores de Campos não foram às urnas. Outros cerca de 20 mil votaram nulo ou branco. A abstenção superou o primeiro turno.


Entenda:


Wladimir Garotinho e seu vice, Frederico Paes (MDB) tiveram os votos contabilizados, mas divulgados como “anulados sob judice”. Paes é alvo de um pedido de impugnação movido pelo candidato derrotado Dr. Bruno Calil (SD), que alegou que o empresário não se desincompatibilizou da direção do Hospital dos Plantadores de Cana dentro do prazo.


Caso o PSD perca no TSE, a Justiça Eleitoral convocaria outra eleição para o município de Campos.


Primeiro Turno


Wladimir Garotinho teve 106.526 votos (42,94%) e Caio Vianna, 68.732 votos (27,71%). Ao todo, 6.839 (4,2%) eleitores votaram em branco e 15.821 (9,72%), nulo. A abstenção foi de 89.738 votantes (35,53%)%. Somados, os votos inválidos representaram 49,45% do universo de pouco mais de 360 mil eleitores.








Fonte: Jornal Terceira Via

Nenhum comentário:

Postar um comentário