Rede Globo processa Boca Rosa após ter sido enganada e exige R$500 mil - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 25 de julho de 2020

Rede Globo processa Boca Rosa após ter sido enganada e exige R$500 mil

(Foto: Reprodução-TvGlobo)
Após quebrar uma regra do contrato que assinou com a emissora Globo, Bianca Andrade, a Boca Rosa, está sendo processada pela emissora que pede uma indenização de 500 mil reais. A ex participante do BBB escondeu da Globo que fazia parte do elenco do reality show “Soltos em Floripa”, exibido pela Amazon Prime.

A Rede Globo, como de costume, exige que todos os participantes cumpram com o seu contrato e não é a primeira vez que eles tem problemas com ex BBB's que resolvem participar de outros programas não dando o tempo contratual exigido.

Vale ressaltar que a Amazon Prime é concorrente direto da Globo Play aqui no Brasil, e Bianca, segundo a emissora, não informou nada sobre as gravações do programa e muito menos quando ele seria exibido. A Rede Globo só ficou sabendo da omissão quando Bianca já estava eliminada do programa.

Os advogados da Rede Globo explicam a situação - “Alguns dias após a eliminação, quando a ré [Bianca] ainda se encontrava obrigada a cumprir obrigações contratuais com a Globo, como a participação em programas, entrevistas, ensaios fotográficos, entre outras, a autora [Globo] teve ciência acerca de grave violação pela influencer das cláusulas contratuais de exclusividade pactuadas pelas partes”, disseram.

Com efeito, a autora tomou conhecimento de que a empresa Amazon estrearia no dia 20 de março de 2020, através da sua plataforma denominada Prime Video, o reality show Soltos em Floripa, que conta com a participação da ré como apresentadora e comentarista.”, seguiram explicando no documento do processo.

O contrato com a Rede Globo de qualquer ex Big Brother Brasil é válido até o final de Abril, então, nenhum ex participante pode aparecer em outra emissora, dar entrevistas ou participar de programas até essa data.

A exibição pelo Amazon Prime Vídeo do programa Soltos em Floripa, com a participação da ré e durante a vigência da cláusula de exclusividade, configura grave violação à obrigação contratual assumida, especialmente, porque não foi dado prévio conhecimento à autora”, explicaram os advogados da Tv Globo.

A ação ainda explica que Bianca usou a Rede Globo como escada para ganhar mais seguidores e também ajudar na venda de seus produtos de beleza.

“Após sua eliminação, a ré fez declarações em vídeo (…) onde afirma ter conseguido atingir integralmente sua meta ao decidir participar do programa BBB20, ou seja, triplicar a venda dos seus produtos. Tal estratégia, segundo a ré, teria sido inclusive informada às empresas responsáveis pelos produtos que utilizam sua marca Boca Rosa”, afirmam os advogados da Globo.

A emissora afirma que Bianca agiu de má fé ao esconder que fazia parte do elenco do programa “Soltos em Floripa”, e que era praticamente impossível ela ter “esquecido” que gravou o programa, e que toda sua conduta e postura foram premeditadas.

“A omissão, no caso, foi obviamente dolosa, caso contrário sua participação no BBB não seria autorizada pela emissora autora, visto que contraria as regras aplicáveis à todos os participantes, o que resultaria na perda da exposição comercial destacada pela própria ré.”, continuaram explicando em documento.

A multa que Bianca terá que pagar, de acordo com o contrato, é de 500 mil, pois uma das cláusulas diz que o descumprimento de todas as cláusulas resultariam em uma multa no valor da premiação do programa, que é de 1,5 milhão, mas como no caso dela, de três, só uma cláusula foi quebrada, então, a multa será de meio milhão de reais.

Tanto a assessoria quanto Bianca, ainda não se pronunciaram sobre o assunto, mas, prometeram em breve dar explicações sobre tudo o que aconteceu.




Por Diva e Poderosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário