COVID-19: Saúde muda posição e recomenda serviço médico no início de sintomas - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 10 de julho de 2020

COVID-19: Saúde muda posição e recomenda serviço médico no início de sintomas

Divulgação

O Ministério da Saúde adotou uma nova estratégia de orientação para o atendimento de casos de covid-19 no Brasil. A pasta recomenda que, a partir de agora, os pacientes procurem os serviços de saúde quando surgirem os primeiros sintomas da doença sistêmica.

“Nós aprendemos ao longo da pandemia que ao aguardar em casa os pacientes chegam aos hospitais com quadros clínicos mais agravados e que alguns casos isso dificulta a reversão do seu estado clínico. Ele evolui para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) muito rapidamente”, explicou Elcio Franco, secretário-executivo da pasta, durante coletiva de imprensa, em Brasília.

A nova diretriz, segundo os técnicos do governo federal, “busca evitar mortes relacionadas com a doença”. Além disso, mesmo que não evolua para óbito, diminuir as chances de agravamento, que pode trazer, em alguns casos, um comprometimento da estrutura de saúde e, também, um empenho maior dos profissionais que atuam na linha de frente.

O novo protocolo também estabelece orientações para as equipes de saúde. De acordo com o secretário-executivo, “o tratamento e o monitoramento devem ser feitos a partir do acesso do paciente ao sistema de saúde”.

Elcio Franco afirmou, ainda, que foram realizadas propostas de manejo clínico, como a homologação de leitos de cuidados intermediários —aqueles com ventilação não invasiva. A oxigenoterapia também é recomendada como ação capaz de “favorecer o não agravamento” do quadro do paciente.





Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário