Quarto Informe Epidemiológico analisa 155 casos confirmados de covid-19; um no Farol - CMN - Campos Magazine News

News

terça-feira, 12 de maio de 2020

Quarto Informe Epidemiológico analisa 155 casos confirmados de covid-19; um no Farol

Farol de São Thomé com um caso confirmado de Covid-19, de acordo com Informe Epidemiológico atualizado até 08 de maio
Divulgação
O quarto Informe Epidemiológico da Covid-19 de Campos foi publicado nesta terça-feira (12). O levantamento traz a análise de 155 casos confirmados até a última sexta (8). Na mostragem por bairros, o Centro continua com o maior número de casos, 36, seguido do Jóquei Clube (11); Parque Tamandaré (10); Flamboyant, Parque Califórnia e Turf-Club (7, cada); Parque Nova Brasília (6) e Parque Leopoldina (5). Outros 41 bairros aparecem na análise, sendo 11 de Guarus e 1 em Farol de São Thomé. Confira AQUI o informe. 

Entre os 545 casos notificados, naquele período em Campos, de Síndrome Gripal (SG) e Síndrome Gripal Aguda Grave (SRAG), 53% são mulheres .A maior parte dos casos está entre 20 e 69 anos de idade. Levando em consideração os casos confirmados da doença por faixa etária, foram mais acometidos (74,9%) aqueles entre 20 e 59 anos. Essa faixa etária apresenta a maior concentração de pessoas economicamente ativas.

Entre os casos de SRAG que internaram até 8 de maio, 95 (70,4 %) têm idade igual ou mais de 40 anos. A ocorrência de comorbidades é maior nos casos que evoluem para a forma grave da doença, Síndrome Gripal Aguda Grave, (média de 48%) em relação àqueles com Síndrome Gripal (média de 32%). 

Ao avaliar a comorbidade de acordo com a faixa-etária, observa-se que nos mais jovens (até 39 anos de idade) os agravos não transmissíveis mais prevalentes são: asma, seguida de doença cardiovascular e obesidade. Nos mais velhos (40 anos ou mais), observa-se maior prevalência de doença cardiovascular, diabetes e obesidade. 

Sintomas - Quanto a sintomatologia, observa-se que os sintomas mais frequentes nos casos notificados de SG são: tosse (69%) e febre (66%). Já em relação à SRAG, desconforto respiratório (21%). Todos os casos notificados como assintomáticos foram aqueles que apresentaram resultado de carga viral detectável para coronavírus e, de acordo com a literatura, também podem ser fontes potenciais de infecção.

Os 12 casos de coronavírus identificados, naquele período, a partir dos testes rápidos disponibilizados pela Secretaria de Saúde em parceria com o Ministério da Saúde, serão inseridos no informe epidemiológico a partir da 5 edição na próxima semana.





Supcom

Nenhum comentário:

Postar um comentário