Pela 1ª vez na história, Basílica de Aparecida celebra Sexta-feira Santa sem a presença de fiéis - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 10 de abril de 2020

Pela 1ª vez na história, Basílica de Aparecida celebra Sexta-feira Santa sem a presença de fiéis

Páscoa é considerado a principal data no calendário católico. Celebrações serão sem público para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19).
Santuário Nacional de Aparecida vazio no feriado de Páscoa — Foto: André Bias/TV Vanguarda
O Santuário Nacional de Aparecida realiza pela primeira vez em sua história as celebrações da Sexta-feira Santa sem a presença de fiéis.

Para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19), os bancos do templo foram retirados e celebrações como a Via Sacra no Morro do Cruzeiro e a Procissão do Senhor Morto foram suspensas para evitar aglomerações.

A Páscoa é considerada a principal data do calendário católico no ano. Tradicionalmente, o Santuário Nacional recebe cerca de 250 mil fiéis na Semana Santa, mas dessa vez será diferente. O templo, que costuma ficar lotado no período, ficará vazio.

Mesmo sem público, os eventos serão realizados e transmitidos via internet. Na Sexta-feira Santa não são realizadas missas, mas há tradicionalmente cerimônias sobre a Paixão de Cristo.

A programação começou às 9h com a Via-Sacra no altar principal. Às 12h, é realizada a Celebração do Sermão das Sete Palavras de Jesus na Cruz. O principal evento do dia está marcado para 15h: a Celebração da Paixão do Senhor.

Outros eventos, que costumam contar com a participação dos devotos e são realizados em locais abertos, como a Via-Sacra no Morro do Cruzeiro e a Procissão do Senhor Morto, foram suspensos para evitar aglomerações.




G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário