Prefeitura e representantes da Petrobras vão se reunir para debater heliporto de Farol - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 5 de março de 2020

Prefeitura e representantes da Petrobras vão se reunir para debater heliporto de Farol

O prefeito Rafael Diniz reúne-se, no próximo dia 2 de abril, com representantes da Petrobras para debater ações que permitam a continuidade da empresa no Heliporto do Farol. 

O objetivo é que a parceria com a Petrobras continue, mas de modo que resulte em benefícios para a comunidade, através de geração de emprego e renda. Em janeiro, a prefeitura esteve na praia campista conversando com a população sobre o assunto. Já no início de fevereiro, acompanhado do deputado federal Marcão Gomes, Diniz levou a demanda ao ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, que se comprometeu a marcar o encontro com a empresa.

A Petrobras atuava no heliporto desde 1994, com Termo de Compromisso de Ocupação e Permissão de Uso de 20 anos. A Permissão acabou em 2014. Durante este período, a empresa vinha ocupando a área sem nenhum ônus. A Petrobras manifestou, através de ofício, desejo de regularizar a situação. As tratativas começaram no início de 2018.

— Venho lutando para garantir a Petrobras operando em Farol de São Thomé. Este tem sido o foco desde o início de nossa gestão: trazer benefícios para nossa população — informa o prefeito.

Secretário executivo do Comitê Gestor de Parceria Público Privada, Thiago Dias, explica que, diante da situação, visando o melhor interesse da população, foi feito o chamamento público n° 01/2019 em 19 de junho do ano passado para Procedimento de Manifestação de Interesse – PMI. O objetivo foi estudar as melhores formas e valores para ofertar a concessão desta infraestrutura à Petrobras e ao mercado.

— A Prefeitura luta pela comunidade. Luta, principalmente, pelas contrapartidas que a Petrobras pode oferecer à comunidade, para que ela empregue munícipes locais, realize ações na localidade. Enfim, para que sua presença se reverta em benefícios diretos e indiretos à população — diz Thiago.








Fonte: Prefeitura de Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário