Chequinho: TJ anula ação contra casal Garotinho na Justiça comum - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Chequinho: TJ anula ação contra casal Garotinho na Justiça comum

Genilson Pessanha
A 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) anulou o desdobramento da operação Chequinho contra o casal Anthony e Rosinha Garotinho na Justiça comum.

Os desembargadores decidiram que a competência para julgar o caso é da Justiça Eleitoral, para onde o processo será enviado. Neste mesmo processo, em julho, o juiz Leonardo Cajueiro chegou a determinar que Garotinho usasse tornozeleira eletrônica e o bloqueio R$ 18 milhões das contas do casal de ex-governadores. No entanto, uma liminar do TJRJ anulou as medidas restritivas até a decisão final sobre qual colegiado iria analisar o habeas corpus da defesa.

Na Justiça Eleitoral, Garotinho foi condenado a nove anos e 11 meses de prisão, em primeira instância, por comandar o que o Ministério Público chamou de "escandaloso esquema" de troca de votos por Cheque Cidadão na eleição municipal de 2016. A ação penal chegou a entrar na pauta do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mas a defesa do político campista conseguiu a suspensão do processo após uma liminar do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF).





Aldir Sales | Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net