'Bombeiros ficaram sem oxigênio e não encontraram a saída', diz Defesa Civil - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

'Bombeiros ficaram sem oxigênio e não encontraram a saída', diz Defesa Civil

Informação é do tenente-coronel Sidney Gonçalves. Incêndio atingiu whiskeria Quatro por Quatro, no Centro do Rio, nesta manhã
Incêndio na whiskeria Quatro por Quatro - Reprodução
 Os três bombeiros mortos no incêndio Whiskeria Quatro por Quatro, no Centro do Rio, morreram por inalação de fumaça, segundo o tenente-coronel Sidney Gonçalves da Defesa Civil Estadual. "As vítimas entraram com a primeira equipe. Os militares estavam com máscara, só que o oxigênio acabou e os militares ficaram sem ar e não conseguiram encontrar o caminho de volta", afirmou. 
O incêndio atingiu o prédio onde funciona o estabelecimento, na Rua Buenos Aires 44, na manhã desta sexta-feira. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 11h25.  De acordo com o tenente-coronel, a primeira equipe, do quartel do Centro, que atuou no combate ao incêndio já foi liberada e os militares foram encaminhados para o serviço de atendimento psicológico.

Equipes dos quarteis de Vila Isabel, Benfica, Central e o Serviço de Suprimento de Materiais do Corpo de Bombeiros atuam no local, que ainda não teve o fogo controlado. 

Um PM, que chegou por volta 12h, no início do incêndio, tem uma suposição para o que possa ter acontecido. "O incêndio era um foco pequeno e, provavelmente, os bombeiros entraram com o cilindro menor, subiram, retiraram as pessoas, e o foco cresceu. É o que pode ter pego os bombeiros de surpresa", disse o policial, que não quis se identificar. 

O administrador Marcio Bonan conta que o foco do incêndio parecia ser pequeno no começo. A brigada de incêndio da Transpetro alertou os funcionários e, por volta de 11h40, Marcio conta que viu fumaça preta saindo da whiskeria. Ele conta que, no inicio, mesmo com a fumaça, parecia que o foco era pequeno. "Cheguei a ver cerca de 10 pessoas saindo pelos fundos da 4x4. Elas nao estava tossindo e não parecia que tinham inalado fumaça. As meninas pareciam desorientadas e estavam muito abaladas. Algumas chorando".

Ainda segundo Marcio, o incêndio tomou uma proporção maior após a saída dos funcionários da 4x4. "No inicio, parecia algo pequeno. Mas cresceu de repente. Eu acho que isso aconteceu porque tem muito material inflamável lá dentro. Tanto que os bombeiros estão combatendo o incêndio até agora".

Em nota, o governador Wilson Witzel lamentou as mortes dos bombeiros."Quero manifestar meu pesar. Foram heróis que perderam suas vidas cumprindo o seu dever. Ordenei rigorosa apuração de todos os fatos que ocorreram durante o combate ao incêndio e que resultaram nesta tragédia. Presto solidariedade às famílias das vítimas. Que Deus os receba e abençoe", disse. 

O Governo do Estado decretou luto de três dias em virtude da trágica ocorrência.






Fonte: O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net