Servidores da Prefeitura têm salários suspensos por falta de cadastramento - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Servidores da Prefeitura têm salários suspensos por falta de cadastramento

Novo sistema de ponto biométrico exige cadastramento. Prefeitura informa como o servidor deve proceder
Foto: Divulgação
Inúmeros servidores efetivos da Prefeitura de Campos tiveram os salários suspensos e não receberam nesta segunda-feira (30). A Prefeitura informou que, após o sistema de ponto biométrico, esses servidores não realizaram o cadastramento obrigatório ou não marcaram o ponto nas suas respectivas Secretarias. Em nota, a Prefeitura informa qual deve ser o procedimento dos servidores, a fim de que os salários sejam regularizados.

NOTA

A Prefeitura de Campos deu início efetivo ao ponto biométrico para efetuar o pagamento dos servidores neste mês de setembro. Neste primeiro momento, os servidores que não efetuaram o cadastro obrigatório e os que cadastraram, mas nunca marcaram o ponto em suas respectivas secretarias ou superintendências, estão com o pagamento suspenso até que regularizem a situação.

Os servidores que não fizeram cadastro devem se dirigir à sede da Prefeitura, na sala em frente ao Protocolo Geral, para cadastrar a biometria e, em seguida, levar o documento fornecido pela empresa ao RH da sua secretaria para anexá-lo ao requerimento que será ratificado pelo diretor de RH e também pelo secretário da pasta.

Para o servidor que efetuou o cadastro, mas não marcou ponto nenhuma vez, o caminho também é se dirigir ao RH da sua secretaria ou superintendência para explicar os motivos através de requerimento, informando o local de trabalho e o nome do superior direto. O requerimento também será apreciado pelo diretor de RH da secretaria e deverá ser ratificado pelo secretário da pasta. Somente depois disto e da regularização da situação, o pagamento será liberado.

O secretário de Gestão Pública, André Oliveira, ressalta que a implantação do ponto biométrico e das consequentes sanções aos servidores foi amplamente divulgada ao longo de todo o processo. 

- Estamos falando sobre ponto biométrico desde o início deste ano, que é uma exigência do Ministério Público e do TCE (Tribunal de Contas do Estado), e que os servidores deveriam efetuar o cadastro e iniciar as marcações nos locais que os relógios foram instalados. Hoje, com exceção da secretaria de Educação e de alguns pontos de outras secretarias, todos os locais da prefeitura já têm relógios de ponto biométrico. E no caso da Educação, independente da instalação dos relógios, os servidores deveriam ter efetuado o cadastro, que tem sido feito ao longo dos últimos cinco meses. Ao longo deste período, realizamos diversas reuniões com os diretores de RHs de todas as secretarias e superintendências e divulgamos as ações através da impressa e das redes sociais. O servidor precisa entender que o ponto biométrico é uma realidade e, a partir de agora, será cada vez mais utilizado para a gestão de RH e o controle de efetividade de todos nós - explica.





C24H

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net