Déficit de vitamina D, o sintoma invisível que jamais pode ignorar - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Déficit de vitamina D, o sintoma invisível que jamais pode ignorar

A substância desempenha um papel fundamental na regulação de cálcio no organismo
Reprodução
Níveis baixos de vitamina D no organismo podem provocar sintomas preocupantes. Eis um sinal invisível de que está com déficit desta substância. A vitamina D é incrivelmente importante para o corpo humano por uma variedade de razões.

A substância desempenha um papel fundamental na regulação de cálcio no organismo, o que é essencial para a manutenção de ossos saudáveis.

A vitamina D é ainda amplamente importante para o ótimo funcionamento do sistema imunitário, ajuda a manter os músculos saudáveis e reduz o risco de diabetes.

Esta vitamina não é produzida pelo corpo, e tem de ser adquirida pelo consumo de certos alimentos, mas sobretudo a partir da exposição à luz solar.

Como tal é importante estar a par dos sintomas de carência de vitamina D.

À medida que o outono se aproxima destaca-se um sintoma invisível sobre o qual os portugueses devem estar particularmente atentos, e que facilmente pode ser atribuído a outras causas.

Gradualmente os dias vão tornar-se mais curtos, e é fácil culpar a sensação de desânimo ao tempo. Mas, poderá passar-se algo mais.

Cerca de 80 a 90% da vitamina D que os portugueses adquirem é proveniente do sol, por isso quando os dias escurecem mais cedo é comum surgir a chamada depressão sazonal.

Várias pesquisas sugerem que a vitamina ajuda a modular os níveis de neurotransmissores como a serotonina (a hormônio da felicidade) no cérebro.

Estes neurotransmissores desempenham um papel crucial no aparecimento da depressão. Outros estudos também já comprovaram que níveis diminutos de vitamina D são comuns entre aqueles que padecem desta doença mental.

Keely Berry, nutricionista na empresa britânica especializada em medicina natural e suplementação Better You, disse em declarações ao jornal Daily Star: “Se se sentir profundamente desanimado e triste por períodos prolongados de tempo ou suspeitar que está com défice de vitamina D, deverá procurar um médico e realizar exames ao sangue”.

“As análises clínicas ao sangue são a forma mais precisa de saber quais são os índices de vitamina D no organismo dos indivíduos e permitem que subsequentemente os pacientes recebam prescrição para a toma de suplementos e até encaminhamento para um psicólogo caso haja uma manifestação aparente de depressão sazonal”, conclui Berry.






 POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net