Cidades do interior do Rio são alvos de operação da Secretaria da Fazenda - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 13 de julho de 2019

Cidades do interior do Rio são alvos de operação da Secretaria da Fazenda

'Operação Maçarico III' encontrou no distrito de Bacaxá, em Saquarema, na Região dos Lagos, uma igreja e uma empresa de serviços onde deveria haver um estabelecimento de produtos minerais. Ação também foi realizada na capital, nas Regiões Norte, Noroeste, Serrana, Sul, Metropolitana e Baixada Fluminense.

A Secretaria de Fazenda do Rio (Sefaz-RJ) realizou a 'Operação Maçarico III' nesta quinta (11) e sexta (12) para fiscalizar suspeitas de empresas de fachada no Rio.

No distrito de Bacaxá, em Saquarema, na Região dos Lagos, foram encontradas uma igreja e uma empresa de serviços onde deveria haver um estabelecimento de produtos minerais.

Além de Saquarema, a fiscalização ocorreu na capital e nas cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Japeri, na Baixada Fluminense; São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio; Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense; Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna e Porciúncula, no Noroeste Fluminense; Nova Friburgo, na Região Serrana; além de Resende, Itatiaia e Porto Real, no Sul Fluminense.

Segundo a Sefaz-RJ, a operação foi montada para fiscalizar 34 empresas que supostamente são de fachada.

De acordo com a Secretaria, mais de R$ 1,1 bilhão em notas fiscais foram emitidas por essas empresas sem operação de venda.

A Sefaz-RJ informou que as empresas forneceram créditos de ICMS para outros estabelecimentos. O valor transferido de créditos por esses contribuintes chega a R$ 122 milhões.

Segundo a secretaria, entre as empresas investigadas, 30 não foram encontradas nos endereços que constam do cadastro da Secretaria de Fazenda.

Ainda de acordo com a Sefaz- RJ, caso as irregularidades nas empresas sejam comprovadas, os estabelecimentos serão impedidos preventivamente de atuar e, posteriormente, terão a inscrição estadual cancelada, conforme prevê a legislação.

A Secretaria de Estado de Fazenda informou que os detalhes dessa operação e as empresas investigadas serão divulgados até terça-feira (16).



G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net