Flamengo se impõe na Arena Corinthians, vence e larga na frente na Copa do Brasil - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Flamengo se impõe na Arena Corinthians, vence e larga na frente na Copa do Brasil

Gol de Willian Arão garante a vantagem do empate no jogo de volta, dia 4 de junho, no Maracanã
 Rodrigo Gazzanel/Parceiro/Agência O Dia
São Paulo - Pouco mais de sete meses depois da eliminação na semifinal da Copa do Brasil, Corinthians e Flamengo se reencontraram nas oitavas de final com cara de 'decisão'. No primeiro ato da revanche, o Rubro-Negro deixou a Arena Corinthians com a vitória de 1 a 0, com o gol de Willian Arão, revelado no Timão. O jogo de volta será no dia 4 de junho, no Maracanã. 

O início do clássico não empolgou as duas maiores torcidas do país. Se sobrou intensidade, faltou agressividade. Em casa, o Corinthians se comportou como visitante e tentou explorar o contra-ataque. O Flamengo teve mais a bola nos pés, mas foi prejudicado pela imprecisão no último passe. Ainda assim, foi um pouco mais objetivo e criou as duas melhores chances do primeiro tempo.

Na primeira, Léo Duarte, de cabeça, levou perigo, após o cruzamento de Arrascaeta. Na segunda, Everton Ribeiro entortou Danilo Avelar e Henrique, dentro da área, mas chutou fraco para a defesa de Cássio. Com a velocidade de Mateus Vital e Clayson, o Corinthians incomodou no início, mas não ameaçou o gol de Diego Alves.

Apesar do equilíbrio, o excesso de 'respeito' bloqueou o desenvolvimento do espetáculo aguardado na arquibancada. A julgar pelas reações e reclamações à beira do gramado, o técnico Abel Braga não ficou nada satisfeito com o 0 a 0 no primeiro tempo.

A bronca no vestiário... Na volta do intervalo, o Flamengo manteve a proposta um pouco mais ofensiva, mas continuava a esbarrar na falta de capricho no passe. Acuado, o Timão tentou responder ao apelo da torcida com a entrada de Jadson e Pedrinho.

As mexidas de Carille funcionaram e, aos poucos, a presença ofensiva dos donos da casa aumentou. Na finalização da entrada da área, Avelar obrigou Diego Alves a espalmar a bola para a linha de fundo.

Da boa trama entre Everton Ribeiro e Pará nasceu o cruzamento para a finalização de Bruno Henrique, que raspou o travessão. Com o confronto mais aberto, o jogo ganhou a cara mais próxima que o torcedor esperava no segundo tempo, com mais iniciativa e emoção.

Discreto, Arrascaeta deu lugar a Diego. Na primeira jogada, o camisa 10 deixou Bruno Henrique na cara do gol, mas Cássio fez grande defesa. Com paciência e insistência, o Flamengo abriu o placar no belo gol de cabeça de Arão, após o preciso cruzamento de Bruno Henrique, aos 33 minutos.

Incansável, o camisa 27 voltou a travar um duelo com Cássio, que desviou com os pés. Sem medo de bolada, Renê não desviou a cabeça na bomba de Pedrinho que tinha a direção do gol de Diego Alves. Bem postado, o Flamengo administrou a pressão final do Corinthians e volta para o Rio com a importante vantagem do empate no dia 4.



 O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net