Botafogo vence Sol de América e se aproxima de vaga - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Botafogo vence Sol de América e se aproxima de vaga

Atacante aparece na etapa final para colocar o Glorioso em vantagem no duelo da segunda fase da Sul-Americana. Partida no Paraguai é marcada por pênalti perdido e duas expulsões

Foto: AFP / LANCE!
O Botafogo venceu a primeira batalha por uma vaga nas oitavas da Copa Sul-Americana. No estádio Luís Alfonso Giagni, no Paraguai, o Alvinegro venceu o Sol de América, nesta quarta-feira, por 1 a 0. O atacante Erik marcou o gol da partida, aos 27 do segundo tempo.

O jogo de volta será realizado na próxima quarta, às 19h15 (de Brasília), no Nilton Santos. Antes, no sábado, o time de Eduardo Barroca recebe o Palmeiras de Felipão pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Glorioso leva susto

O modesto estádio Luís Alfonso Giagni estava longe de ser um caldeirão do Sol de América, ainda assim foram os donos da casa que tiveram mais iniciativa de atacar, no início da partida. O Botafogo tinha dificuldades de fazer a ligação do meio com o ataque e de criar jogadas ofensivas, além de errar passes. E foi assim que o Alvinegro levou o primeiro susto em Villa Elisa. Em uma saída errada, Carli afastou, a bola explodiu em Villagra e foi em direção à área .Gabriel tentou afastar, mas acertou o atacante rival. Clar enfeitou a batida com um pulinho e carimbou o travessão.

Poucas chances

Mesmo depois do susto, o Botafogo continuou a desejar. O meio-campo tinha dificuldades com o desempenho abaixo da média de João Paulo e a pouca criatividade de Leo Valencia 

Aos 31, o atacante Pardo recebeu o segundo amarelo por falta em Fernando. Com um homem a mais, o time de Barroca passou a ter mais posse de bola, mas não conseguia ser efetivo. A única chance alvinegra veio apenas aos 47, quando Diego Souza parou em Escobar, depois de receber de Cícero.

Voltou melhor

O Botafogo começou melhor o segundo tempo, criando mais chances do que no primeiro. Diego Souza, de cabeça, quase abre o placar, mas Clar salvou em cima da linha. No rebote, Alex Santana, emendou para fora, de voleio. O Sol não conseguia mais articular jogadas e chegar ao gol de Gatito com perigo.

Artilheiro resolve 

E de tanto insistir, o Alvinegro finalmente foi compensado pelo esforço. Aos 27, em cruzamento pela esquerda, Escobar saiu mal e Erik não perdoou. De voleio, o atacante fez o quarto gol dele na Sul-Americana e assumiu a artilharia isolada da competição.

Sufoco no fim 

Com a vantagem, Barroca sacou Leo Valencia e lançou Jean para reforçar a marcação. A estratégia, no entanto, ruiu rapidamente. Com dois minutos em campo, o volante deixou o braço no rosto de Villagra na frente do árbitro e foi expulso. Os paraguaios pressionaram nos minutos finais, sem muita organização. O Bota resistiu e trouxe na bagagem uma importante vantagem para o jogo de volta em casa, na quarta.

FICHA TÉCNICA
SOL DE AMÉRICA-PAR 0 x 1 BOTAFOGO

Data/Hora: 22/05/2019, às 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Luís Alfonso Giagni (PAR)
Gramado: Bom
Público/Renda: Não informado

Árbitro: Germán Delfino (Fifa/ARG) Nota L! - 6,5 - controlou bem a partida e acertou na expulsão de Pardo
Assistentes: Lucas Germanotta (Fifa/ARG) e Pablo Gonzalez (Fifa/ARG)

Cartões amarelos: Pardo (SOL); Fernando, Cícero (BOT)
Cartão vermelho: Pardo, 31'/1ºT (SOL), Jean, 40'/2ºT (BOT)
Gols: Erik (27'/2ºT, 0-1)

SOL DE AMÉRICA-PAR: Escobar; Velázquez (Acuña, intervalo), Milciades Portillo, Villalba e Clar; Edgar Ferreira, Fredes (Richard Franco, 11'/2ºT), Ruiz Díaz (Otazú, 22'/2ºT) e Jourdan; Pardo e Villagra. Técnico: Javier Sanguinetti.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson; Alex Santana, Cícero (Luiz Fernando, 24'/2ºT), João Paulo (Gustavo Bochecha, 23'/2ºT) e Leonardo Valencia (Jean, 38'/2ºT); Erik e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca



LANCE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net