Bombeiro tem celular clonado e sofre golpe - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 27 de abril de 2019

Bombeiro tem celular clonado e sofre golpe

Um bombeiro, lotado no 5º GBM em Campos, procurou a delegacia, na manhã deste sábado (27), após sofrer um golpe aplicado através de um aplicativo de mensagens. Segundo a vítima, um amigo o ligou para confirmar que havia feito o depósito em dinheiro, no valor de R$ 1500, que ele teria solicitado por whatsapp. No entanto, a mensagem foi enviada após o número ter sido clonado. 
Divulgação
Os dados da conta fornecida para o depósito são de uma agência da Caixa Econômica Federal do bairro de Bom Retiro, no Jardim Tietê, na cidade de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, dezenas de pessoas já procuraram a 134ª Delegacia de Polícia para registrar crimes deste tipo.

Segundo a denúncia, o amigo da vítima informou que recebeu uma mensagem através de seu número de celular, pedindo para que fosse depositada uma quantia de R$ 1500 na conta de um homem para o qual a vítima estaria devendo. A mensagem dizia, ainda, que no outro dia o valor seria devolvido.

Após realizar o depósito, o amigo da vítima ligou para avisar sobre o dinheiro, quando soube que o bombeiro não havia feito pedido algum.  Foi então que ele percebeu que se tratava de um golpe e que sua conta havia sido "hackeada".

Na última quinta-feira (25), outro amigo já havia alertado a vítima sobre uma postagem feita no aplicativo, que informava que o bombeiro estava passando por dificuldades financeiras e que precisaria de R$ 2000,00 para pagar dívidas, mas a vítima desmentiu a história. Desde então, ele vem tentando entrar no aplicativo, mas sem sucesso, porém sua conta continua ativa e online, segundo amigos informaram.

Existe uma suspeita da Polícia Civil de que as contas tenham sido abertas com documentos falsos. O caso foi registrado na 134ª Delegacia de Polícia, onde segue sendo investigado.

Professora aposentada é vítima de golpe e perde R$ 50 mil em Campos

Outro - Nessa quinta, uma professora aposentada, de 65 anos, foi vítima do golpe do falso bilhete de loteria premiado e teve um prejuízo de R$ 50 mil. O caso foi iniciado no bairro Turfe Clube, por volta das 9h30  e concluído depois das 14h. O golpe foi aplicado por dois homens com idades entre 55 e 60 anos, que convenceram a vítima a fazer saques para, então, receber o dinheiro do prêmio. Os dois fugiram após um deles simular mal-estar e a idosa ir à farmácia para socorrê-lo. Ninguém foi preso. O caso foi registrado na manhã dessa sexta (26), na 134ª Delegacia de Polícia (Centro).


Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net