Fase amarela é mantida em Campos até o próximo dia 10 - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Fase amarela é mantida em Campos até o próximo dia 10

 

Reprodução


Campos seguirá na fase amarela, nível de atenção máxima até o próximo domingo (10). O decreto foi publicado na edição Suplementar do Diário Oficial desta segunda (4). O município entrou no nível 3 do Plano de Retomada em 30 novembro de 2020.


Segundo a Secretaria de Saúde, os dados epidemiológicos do município de Campos dos Goytacazes desde o início da pandemia apontam mais de 13.000 casos confirmados com 530 óbitos.


Atualmente, os índices de transmissão e contágio continuam crescentes, em um contexto de segunda onda da infecção pelo Covid-19 (Sars-cov-2), entretanto, apresentaram estabilidade na última semana. 


Na fase amarela, as principais restrições são:

  • Circulação de pessoas em shoppings — até as 22h, com 50% da capacidade (crianças menores de 6 anos e pessoas com mais de 60 impedidas);
  • Salões de beleza — 50% da capacidade;
  • Eventos religiosos — 30% da capacidade;
  • Bancos — 50% da capacidade;
  • Restaurantes — impedimento do acesso de crianças menores de 6 anos e pessoas com mais de 60;
  • Vedado o takeaway após as 23h;
  • Acesso à Serra do Itaoca estará impedido nos finais de semana e feriados;
  • Eventos não poderão acontecer nesta fase, além da não utilização de praças.


Definição dos principais desafios para os primeiros 100 dias


O prefeito de Campos, Wladimir Garotinho, definiu os principais desafios para os primeiros 100 dias do seu governo. A implantação do ESF (Programa Estratégia Saúde da Família), Cínica da Criança e nova Central de Regulação está no pacote de ações prioritárias, tendo em vista que a Saúde é a principal prioridade, devido ao estado crítico que está o setor, com hospitais sucateados bem como as demais unidades de saúde que foram abandonadas no governo passado, apesar da pandemia da Covid-19. Transporte coletivo, infraestrutura, Restaurante Popular e Campanha pela Pandemia também estão no pacote de prioridades para os 100 primeiros dias.


Após ter visitado, em companhia do vice-prefeito, Frederico Paes, os hospitais Ferreira Machado, HGG e a Unidade Pré-Hospitalar São José, em Goitacazes, Wladimir determinou ações urgentes. “A prioridade mais urgente é a recuperação do Ferreira Machado e Hospital Geral de Guarus que estão caindo aos pedaços", afirmou o prefeito.


Dentre as medidas emergenciais para a Saúde a Prefeitura vai implantar o Programa Estratégia Saúde da Família para cuidar das pessoas em casa, medida que evitará agravamentos do quadro clínico das pessoas porque terão atendimento na fase dos sintomas das doenças.


A maioria dos problemas da saúde se resolve na ponta, cuidando das pessoas em casa para que elas não precisem buscar unidades de saúde. Por isso vou implantar o programa Estratégia da Saúde da Família e que funcione. Vou buscar “dinheiro novo” e fazer convênios com o Ministério da Saúde. Campos vai ter uma nova Central de Regulação para tirar os pacientes dos corredores e abrir vagas nos hospitais contratualizados — informou o Wladimir.










Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário