Corpo de adolescente desaparecido é encontrado no Paraíba, em SJB - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Corpo de adolescente desaparecido é encontrado no Paraíba, em SJB

 

Divulgação

O corpo do adolescente Carlos Henrique dos Santos Nogueira, de 15 anos, foi encontrado, em avançado estado de decomposição, no início da tarde desta sexta-feira (27), no rio Paraíba do Sul, em São João da Barra, próximo à Cedae. Militares do Corpo de Bombeiros localizaram o corpo por volta das 13h. O rapaz desapareceu no início da semana, em Campos. A identificação foi confirmada por familiares em redes sociais. 


Na última segunda-feira (23), Carlos Henrique saiu de casa, na localidade de Donana, e não deu mais notícias à família. Segundo a tia do rapaz, Day Rodrigues, em publicações em redes sociais, ele vestia camisa vermelha, bermuda jeans e estava em uma antiga bicicleta branca Poty, com garupeira, com arranhões.


Ela ainda relatou, nas redes, que uma pessoa teria visto o adolescente deixar a bicicleta na ponte da Lapa e, em seguida, ele teria caído no rio. “Pode ter sido uma fatalidade, pode ter sido ele. Enfim, caiu. A pessoa que encostou a bicicleta caiu. Provavelmente, alguém achou essa bicicleta e guardou. A gente quer oferecer uma recompensa para a pessoa que achou a bicicleta”, explicou Day. Na noite dessa quinta (26), o valor da recompensa era R$ 200. Horas depois, a família aumentou para R$ 1 mil.


“Estou pedindo com muito carinho. Tem mãe, tem irmãos, tem pai, tem muita gente envolvida nisso. O que eu quero com isso é só concretizar a informação de que a gente precisa. Essa bicicleta vai trazer para a gente a constatação de que quem pulou foi o meu sobrinho. Ajudem-nos”, pediu Day.


No final da tarde desta sexta, Day fez uma live confirmando que o corpo encontrado era de Carlos Henrique. Aos apoiadores que ajudaram nos últimos dias, ela agradeceu e pediu que sempre prestem atenção nas pessoas que estão ao redor e nos sinais dados por elas. "A gente vive em um mundo com muito mais crítica do que abraço e cuidado. Então, olhem os seus amigos e vejam se eles falam em tirar a vida. Agora, a gente tem que seguir forte e vai seguir. Temos uma família que precisa que a gente esteja forte, inteiro, e tem muito mais jovens e adolescentes precisando da gente. Que a gente siga nessa corrente com quem ama", declarou.














Fonte: Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário