Operação 'Boi Garantido' apreende 300 kg de carne e derivados de origem clandestina em Campos - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Operação 'Boi Garantido' apreende 300 kg de carne e derivados de origem clandestina em Campos

Durante as inspeções, realizadas pela Vigilância Sanitária Municipal, Defesa Agropecuária Estadual e Polícia Militar, os fiscais encontraram irregularidades como processamento de carne seca clandestina e carne bovina e suína em avançado estado de deterioração

Foto: Divulgação/Vigilância Sanitária

Agentes de fiscalização da Defesa Agropecuária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal e Polícia Militar apreenderam 300 kg de carne e derivados de origem clandestina na manhã desta terça-feira (6) na localidade de Morro do Coco em Campos dos Goytacazes.


A operação, batizada de “Boi Garantido”, teve início nesta terça e, de acordo com os órgãos responsáveis, não tem data para terminar. A intenção é coibir a venda de produtos de origem animal que não possuam os registros necessários para comercialização.


Durante as inspeções os fiscais encontraram irregularidades como, por exemplo, processamento de carne seca clandestina, carne bovina e suína em avançado estado de deterioração, linguiça, queijos e banha suína sem identificação de origem.


Os alimentos, impróprios para consumo, estavam em três açougues da localidade e foram encaminhados para um aterro sanitário.


De acordo com a Vigilância Sanitária, o consumo desses alimentos colocam em risco a saúde dos consumidores, gerando intoxicação alimentar tanto por agentes bacterianos como químicos, já que a produção clandestina de linguiça e carne não obedece nenhum critério técnico no uso de aditivos, conservantes e matéria-prima, sendo muitas vezes produzido com material que deveria ser descartado.


Ainda de acordo com a Vigilância, não houve necessidade de interdição dos três açougues, porém um foi notificado para que possa cumprir adequações estruturais exigidas pelos órgãos fiscalizadores.


Já os outros dois, além da apreensão e inutilização dos produtos encontrados em desacordo, foram autuados por infração, o que irá gerar multa no decorrer do processo administrativo.


Os fiscais alertam aos consumidores que somente comprem carne, seus derivados e qualquer produto de origem animal com a identificação de registro no S.I.M, S.I.E., S.I.F. ou S.I.S.B.I.





G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário