Campos: Três óbitos e 783 casos confirmados por covid-19 nesta terça-feira; Veja o informe dos bairros - CMN - Campos Magazine News

News

terça-feira, 2 de junho de 2020

Campos: Três óbitos e 783 casos confirmados por covid-19 nesta terça-feira; Veja o informe dos bairros

Três óbitos confirmados por covid-19 foram registrados nesta terça-feira (2) em Campos. Uma mulher e dois homens de 78, 75 e 74 anos, respectivamente. Os três apresentavam comorbidades. O município contabiliza 783 casos confirmados da doença, sendo 41 óbitos. 

A partir desta terça-feira (2), a Prefeitura de Campos adota novo modelo de boletim diário para o coronavírus, com layout reformulado e inclusão de dados de casos recuperados. Atualmente são 285 no município.

Estão sob investigação 2.422 casos de Síndrome Gripal (SG) e 164 de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Catorze mortes estão sendo investigadas. Foram descartados 407 casos da doença. 

Aqueles que apresentarem sintomas do novo coronavírus - tosse, febre, cansaço e dificuldade para respirar (em casos graves) - devem buscar orientação junto à Central de Informações da Covid, através do 192.

No último dia 22, o Laboratório Regional do Hospital Geral de Guarus (HGG) recebeu do estado autorização para atuar como referência na análise de exame de detecção por PCR para Covid-19. A implantação é uma parceria entre Prefeitura de Campos e Uenf. Com a iniciativa, resultado dos exames, que estavam levando em média 15 dias para saírem, passam para até 48h.


7º Informe Epidemiológico 

A edição número sete do Informe Epidemiológico foi publicada nesta terça-feira 02 e faz análise da Covid-19 em Campos, de acordo com os dados registrados até o último dia 29 (sexta-feira), no total de 696 casos confirmados. Confira AQUI a análise completa. 

De acordo com o 7º Informe Epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde, o Centro de Campos continua com a maior concentração dos casos: 110, seguido pelo Jockey Club com 51. Confira:
Observa-se que o coeficiente de incidência da COVID-19 mantém a tendência de aumento expressivo, inclusive na cidade. Para o cálculo foi utilizado a projeção populacional da cidade pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE para 2018. O grande aumento no número de casos na Região Norte de Saúde do Estado, a mudança em relação ao sistema de informação explica o aumento abrupto no coeficiente de incidência observada no Estado do Rio de Janeiro e na cidade de Campos dos Goytacazes.
A curva epidêmica da COVID-19 mantém tendência de crescimento na cidade sem sinais de estabilização. 

Ao comparar os dados da semana anterior com os dessa semana, foi observado o maior número de casos que evoluem para a forma grave da doença nas pessoas com 30 anos ou mais. A faixa etária entre 30 e 39 anos também apresenta o maior registro absoluto de casos notificados da doença. A ocorrência nessa faixa etária, de acordo com o informe epidemiológico, deve-se ao fato das pessoas que o compõem serem aquelas economicamente ativas, o que leva ao maior risco de infecção devido a maior necessidade de deslocamento urbano.



Supcom | Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário