Fechamento do comércio, recesso escolar e suspensão de atendimentos são estendidos pela prefeitura - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 1 de maio de 2020

Fechamento do comércio, recesso escolar e suspensão de atendimentos são estendidos pela prefeitura

A Prefeitura de Campos publicou em edição suplementar do Diário Oficial desta quinta-feira (30) mais três decretos com medidas de enfrentamento ao Coronavírus (COVID-19) no município, em virtude da pandemia. O primeiro (073/2020) estende a suspensão das aulas na rede municipal de ensino até o dia 31 de maio; o segundo (074/2020) mantém suspenso o expediente externo e o atendimento presencial no âmbito da prefeitura até o dia 11 de maio, assim como o atendimento presencial em estabelecimentos comerciais. O comércio poderá manter a entrega em domicílio (delivery), através de vendas na internet, ou retirada no estabelecimento (drive thru e take away).

O artigo 2º do decreto 075 informa os estabelecimentos que podem manter as atividades, respeitando as medidas de prevenção, como manter o espaço entre as pessoas, evitar aglomeração, uso do álcool em gel, além das máscaras de proteção. O decreto permite o funcionamento de estabelecimentos como farmácias, hipermercados, supermercados (de 8h às 22h). Feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros de pequeno porte, quitandas e centros de abastecimento de alimentos; lojas de conveniência; lojas de venda de alimentação para animais; distribuidores de gás; lojas de venda de água mineral; e padarias ficam autorizados a funcionar das 05h às 20h.

A novidade é o funcionamento de empresas que têm como atividade principal tecidos e artigos de armarinho, condicionando a comercialização de produtos utilizados em demandas voltadas à saúde, como para a confecção de máscara, por exemplo.

As medidas foram necessárias em virtude do aumento do número de casos no município. No boletim desta quinta-feira (30), o Departamento de Vigilância em Saúde informa que são 85 casos confirmados em Campos; quatro óbitos confirmados e três em investigação. Ao todo, há 286 casos de Síndrome Gripal (SG) e 58 de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).




*Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário