Sindicato denuncia vazamento de gás de alta proporções em Pampo - CMN - Campos Magazine News

News

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Sindicato denuncia vazamento de gás de alta proporções em Pampo

Plataforma de Pampo / Divulgação - Petro Notícias
O Sindipetro-NF informou um vazamento de gás de altas proporções na plataforma de Pampo, na Bacia de Campos, na manhã de segunda-feira (13). 

Os trabalhadores teriam sido encaminhados ao Ponto de Reunião e, por volta das 13h, ainda não haviam retornado ao trabalho. 

A extensão do vazamento, até o horário, ainda não teria sido avaliada e a produção foi parada por medida de segurança. Em nota, a Petrobras informou que o reparo está sendo realizado e que a plataforma volta a operar nesta terça-feira (14).

O Sindipetro alega ter alertado para o "sucateamento da plataforma". “Temos denunciado diversos problemas na unidade por conta da má gestão e falta de manutenção em Pampo, principalmente agora que Pampo foi vendida. Alertamos para o risco de um desastre de grandes proporções a qualquer momento” – comentou o diretor do sindicato, Rafael Crespo.

Segundo o diretor, na semana passada, o Sindipetro denunciou que a gestão da Petrobras estava ignorando as normas regulamentadoras, ao deixar 76 equipamentos de proteção respiratória (EPRs) vencidos a bordo, colocando em risco os trabalhadores. "O edital da licitação foi publicado em 16 de dezembro e a compra pode levar em média 90 dias para ser feita, fora o tempo que demorará para chegar esses equipamentos a bordo. Enquanto isso a plataforma fica sem a totalidade de seus EPRs".

No início de dezembro, segundo o Sindipetro, também faltou comida e houve problemas de habitabilidade e segurança na plataforma. "Casos de vazamento da tubulação do triturador de alimentos dentro da plataforma, pisos amarrados com arames, banheiros em péssimas condições e sanitários interditados. Também havia problemas com a limitação de espaço nos camarotes e condições dos boxes; vazamentos, tamponamentos e gambiarras para manter camarotes em uso".

A Petrobras informou que na manhã desta segunda-feira (13), na plataforma de Pampo, localizada na Bacia de Campos, houve um pequeno escapamento de gás através de um furo de aproximadamente três milímetros na tubulação. "O reparo está sendo realizado e a plataforma volta a operar nesta terça".





Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário