CHUVAS: estrada de acesso à Rio Preto se rompe em Campos - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

CHUVAS: estrada de acesso à Rio Preto se rompe em Campos

Vários pontos da cidade ficaram alagados. Defesa Civil atua no local.
(Foto: Reprodução)
Chuvas e alagamentos marcaram o feriado estadual de quarta-feira (20) em Campos. Em alguns pontos do município, a situação chegou a ficar grave: na região do distrito de Morangaba, por exemplo, o rio Preto transbordou, ocasionando o rompimento de cerca de 25 metros da RJ-190, uma das estradas de acesso à localidade que segue interditada e vistoriada pela Defesa Civil nesta quinta-feira (21).

Segundo informações da Prefeitura de Campos, o rompimento da rodovia ocorreu devido à pressão das águas das chuvas que elevaram o nível do rio. Àqueles que precisam ir até a localidade de Rio Preto, seja porque trabalham ou porque moram nessa região, a Defesa Civil orienta que, por enquanto, o acesso deve ser feito através da estrada de Santa Cruz.

A Defesa Civil de Campos também encaminhará um laudo ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) para que medidas sejam providenciadas, uma vez que é esse o órgão responsável pelas obras em estradas estaduais.

A secretaria de Desenvolvimento Humano, também está realizando o levantamento de possíveis necessidades de famílias no local.

Ao longo de quarta-feira (20), outras regiões no município ficaram alagadas e até mesmo parte do forro de enfermaria do Hospital Geral de Guarus desabou devido à pressão da água.

O Grupo de Emergências de Alagamentos da prefeitura também atuou em diversos pontos da cidade, como Santa, Rosa, Jardim Aeroporto, Eldorado, Parque Julião Nogueira e em pontos da região Central. Para auxiliar no escoamento das águas pluviais, maquinários também atuaram na limpeza dos canais Coqueiros, Cacomanga e São Bento.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, desde o dia 1º de novembro choveu mais de 200mm, quando o previsto era cerca de 130mm. Somente na quarta-feira (20), choveu 72.4 mm na região. Confira em tempo real (aqui) as medições dos pluviômetros espalhados pelo município.

Em casos de emergência, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil por meio dos números (22) 981758512 ou 199.





Fonte: Jornal Terceira Via

Um comentário:

  1. Este é o primeiro caso de transbordamento e de rompimento de que tenho notícias com essas chuvas de novembro de 2019. Porém, nada parecido com o transbordamento do sistema Ururaí, em 2008/2009, nem com a enchente do Muriaé/Paraíba do Sul em 2012.

    ResponderExcluir

Tempo - Tutiempo.net