Corpo de Serguei é enterrado em cemitério na Região dos Lagos - CMN - Campos Magazine News

News

domingo, 9 de junho de 2019

Corpo de Serguei é enterrado em cemitério na Região dos Lagos

Grupo de motociclistas realizou um cortejo em homenagem ao artista neste sábado (8) em Saquarema. Cantor tinha 85 anos e morreu na manhã de sexta-feira (7) em Volta Redonda.
Fãs e amigos comparecem na última homenagem a Serguei em Saquarema, no RJ
Foto: Bruna Carvalho/Inter TV
O corpo do cantor Serguei foi enterrado por volta das 11h50 deste sábado (8) no Cemitério Municipal de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio.

Um cortejo com a presença de dezenas de motociclistas foi realizado em homenagem ao artista do rock nacional, durante o translado do corpo da Câmara de Vereadores, local onde foi realizado o velório, até o cemitério da cidade.
Foto: Bruna Carvalho/ Inter TV
Um outro cortejo foi realizado pela manhã entre a funerária e a Câmara de Saquarema.

Serguei era padrinho do motoclube Pecadores MC de Saquarema. O roqueiro morreu aos 85 anos, nesta sexta-feira (7) no Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda (RJ), onde estava internado há 11 dias.
 Foto: Pescadores MC de Saquarema/ Arquivo Pessoal
Amigos do artista participaram do velório. Uma dupla integrante da banda, Made In Brazil, prestigiou Serguei com suas últimas homenagens. O músico Oswaldo Vecchione disse ao G1 que era amigo do roqueiro desde 1976.

Foto: Bruna Carvalho/Inter TV
"O Serguei nos deu a honra de participar de 4 DVDs que lançamos. Ele estava como um dos convidados do nossos shows. Um amigo querido e que vai fazer muita falta para o rock no Brasil", afirma o artista.

Durante as últimas homenagens ao artista, os amigos cantaram a música "Satisfaction" dos Rolling Stones.

O cantor morreu por problemas cardíacos, ocasionados por pneumonia, desnutrição e complicações senis, segundo informou a Secretaria de Estado de Saúde. O corpo de Serguei chegou a Saquarema ainda na noite de sexta.

Ele foi internado no começo de maio em um hospital em Saquarema (RJ), cidade onde morava, com um quadro de desidratação, desnutrição e infecção urinária. Segundo os médicos, ele sofria de Alzheimer.

As causas do emagrecimento do roqueiro foram investigadas pelo médico Rodrigo Lima, geriatra que o acompanhou por quatro anos. No final do mês, apresentou arritmia severa e insuficiência respiratória aguda. Com o agravamento de seu estado de saúde, foi transferido para Volta Redonda.

Na unidade, o roqueiro recebeu tratamento humanizado e reagiu ao ouvir rock.

Deixou legado

Na semana passada, o ator Carlos Loffler fez uma publicação na internet homenageando o amigo Serguei. No texto, o ator diz: "Uma coisa é ser roqueiro, outra coisa é Serguei!!", enaltecendo a grandiosidade do artista.

O ator visitou Serguei no hospital na quinta-feira (6). Ele falou bastante abalado.

"Perdemos o Serguei! Eu já saí de lá com uma sensação muito estranha e estou aqui muito, muito, muito triste! Serguei era um cara maravilhoso. Foi muito brabo pra mim", disse o ator.

O médico geriatra, Rodrigo Lima, que cuidava do Serguei há quatro anos, também lamentou a morte do cantor.

“Construímos uma amizade. Eu ia na casa dele, ele ia me visitar no hospital. Recebi com muita tristeza a notícia porque tinha a esperança dele voltar para Saquarema, apesar de saber que ele estava muito debilitado e fraquinho. O Serguei era muito querido”, disse Rodrigo Lima.

Também em entrevista, o diretor social do motoclube de Saquarema, o Popeye, lamentou ocorrido.

"Ele era padrinho do nosso motoclube, nossa amizade era bem intensa. É uma perda não só nossa, mas pra todo mundo", afirma Popeye.

Retiro dos artistas

No hospital, Serguei manifestou o interesse em continuar vivendo em Saquarema, conforme revelou o médico.

Logo após a internação do cantor, o hospital entrou em contato com o Retiro dos Artistas para verificar a possibilidade da instituição recebê-lo, caso ele queira numa conversa posterior, após sua recuperação. Por causa da idade e dos cuidados que o cantor necessita, seria uma alternativa caso tivesse alta.

A administradora do Retiro dos Artistas, Maria Aparecida Cabral, revelou que estava à disposição, mas que isso depende fundamentalmente da vontade do Serguei e ressaltou que a instituição não tem condição de arcar com os custos de um acompanhante 24 horas por dia para ele, e que esse gasto deve ser de responsabilidade de alguém da família ou da própria Prefeitura de Saquarema.

Veja trajetória

O cantor nasceu em 8 de novembro de 1933, filho único do executivo Domingos Bustamante e da dona de casa Heloísa Bustamante. Aos 12 anos, foi morar com a avó materna, Lia Anderson, em Long Island, Nova York, onde participou de festivais estudantis.
Serguei morava em Saquarema, RJ, desde 1972 — Foto: Mari Gibara/G1
Voltou ao Brasil em 1955, aos 22 anos, mas depois retornou aos Estados Unidos, onde começou sua carreira musical, em 1966. Voltou ao Brasil novamente em 1972 e foi morar na cidade de Saquarema, no Rio de Janeiro. Foi quando começou a ficar famosa a história de que ele havia tido um affair com a cantora Janis Joplin.

O músico era conhecido por fazer versões de clássicos do rock, sempre com uma performance, um visual e um discurso exagerados. Seu visual era marcado por roupas rasgadas, maquiagem, vários acessórios, camisas pretas e cabelos longos.

Serguei se apresentou em quatro edições do Rock in Rio (1991, 2001, 2011 e 2013) e teve a casa em Saquarema transformada em um museu do rock.

Templo do rock

A casa onde Serguei morava em Saquarema (RJ), conhecida como Templo do Rock, será mantida como Patrimônio Cultural da cidade, conforme divulgou a Prefeitura na tarde desta sexta-feira (7).

Segundo o município, o espaço foi inaugurado em julho de 2006, e reúne diversos materiais como fotografias, CDs, discos, roupas e demais itens que contam um pouco da história do Rock no Brasil.

Com a morte do cantor, a Prefeitura disse que o Templo do Rock ficará sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação e Cultura que deverá coordenar as ações de preservação para mantê-lo como patrimônio cultural do município.

O objetivo, segundo o município, será levar a história de Serguei e do rock brasileiro para as futuras gerações.


G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net