São João da Barra lidera em empregabilidade - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 9 de março de 2019

São João da Barra lidera em empregabilidade

Foto Reprodução
Em janeiro desse ano (2019), os setores produtivos da economia de São João da Barra realizaram  393 novas contratações. Desse total, um percentual de 52% são de sanjoanenses empregados com carteira assinada. Os dados foram levantados e divulgados pelo último Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho e Emprego. 

No quadro geral, o município tem um saldo positivo, no acumulado do ano com 236 novas vagas de emprego, e foi o principal empregador da região Norte Fluminense. Um dos fatores para esse índice é a obra de construção da termoelétrica no Porto do Açu. O município tem como meta junto às empresas instaladas no complexo portuário que as contratações de mão de obra local cheguem a 60%.

Foram criadas 177 vagas na construção civil; 36 no setor de serviços; oito vagas na indústria de transformação, sete no comércio, três vagas na agropecuária e  uma vaga na extrativa mineral.  Em números gerais, segundo o Caged, 393 pessoas foram admitidas em janeiro, contra 157 desligamentos. No acumulado do ano, São João da Barra segue com saldo positivo de 236 empregos, na frente de Campos (142) e Macaé (-252). 

"Números positivos são sempre para comemorar. O poder público municipal em São João da Barra, hoje, enxerga a geração de oportunidades ao cidadão local como fundamental em vários aspectos, entre eles garantir a cidadania e o aquecimento da economia. Para isso desenvolvemos uma política voltada para a capacitação profissional e no estreitamento do diálogo junto às empresas”, destacou a prefeita Carla Machado.

O trabalho nesse sentido, de acordo com o superintendente de Trabalho e Renda, Sávio Saboia, é intenso, começando por programas como Jovem Aprendiz, quando somente em 2018, mais de 140 jovens foram inseridos no mercado de trabalho. “Atualmente, temos mais de 950 cidadãos locais trabalhando nas obras da Termoelétrica no Porto do Açu. E, realmente, a construção civil tem sido o impulsionador desta nova fase da empregabilidade local. Com base n último Caged, pode se afirmar que 52% das contratações, em janeiro, são de sanjoanenses", destacou.

OZK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net