IMTT tira empresas que não cumpriam linhas e contrata outras de forma emergencial - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 20 de março de 2019

IMTT tira empresas que não cumpriam linhas e contrata outras de forma emergencial

O IMTT publicou nesta quarta-feira, no Diário Oficial, a Portaria número 26, na qual retira empresas de ônibus que deveriam estar atendendo distritos e localidades mais distantes. No caso da Rogil, é citado um movimento "paredista" nas localidades de Imbé e adjacências. A empresa não estaria cumprindo a totalidade dos serviços.

Já a respeito do Consórcio Planície, é apontado paralisação parcial nas linhas da região Norte.

Em caráter emergencial, serão chamadas três empresas para atender a estes locais. Os moradores da região norte do município e outros locais mais distantes da área central estão entre os mais prejudicados com os problemas no transporte público. Em fevereiro, a Folha publicou matéria com a reclamação dos moradores da região Norte de Campos, relatando que o atendimento do transporte público em Morro do Coco, Santo Eduardo e Santa Maria estava sendo realizado por um único ônibus da empresa São João. 

O problema acontecia, segundo os reclamantes, desde junho de 2018. Desde lá, a empresa que atendia, a São João, já tinha abandonado as linhas, que foram assumidas pela MMM, que também não conseguiu manter o serviço. O atendimento foi retomado pela João, após acordo com o IMTT, há cerca de dois meses.

No início de março, o IMTT publicou chamamento público para autorizar uma empresa a operar nas linhas Rodoviária x Santo Eduardo (via BR 101) e Rodoviária x Divisa (via Mutuca), com regime de aproveitamento para atendimento das localidades de Santa Maria e Morro do Coco, em caráter de emergência, duas empresas realizavam o transporte de passageiros para a região norte do município. O consórcio Planície, que venceu a licitação realizada em 2014, e a empresa Trans Leal começaram a operar.
Reprodução



Suzy Monteiro | Na Curva do Rio | Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net