Reunião entre forças de segurança vai traçar estratégias contra "rolês" - CMN - Campos Magazine News

News

terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Reunião entre forças de segurança vai traçar estratégias contra "rolês"

Motociclistas organizam, via grupos de whatsapp, um "rolê" de grande dimensão para o réveillon

Divulgação Polícia Militar


Grupos de motociclistas vêm atrapalhando o sono dos campistas com seus “rolezinhos”. Eles se tornaram um grande problema, e a solução será discutida na tarde desta terça-feira (29). “Certamente, esse tipo de prática será coibido de forma incisiva”, afirmou o comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Luiz Henrique Barbosa. Ele organizou uma reunião na sede do 8º BPM para traçar estratégias e inibir a baderna que tem tomado conta das madrugadas de Campos e cidades próximas.


Afrontando os agentes da segurança pública, que desde o natal intensificaram as abordagens desse tipo de condutor, os motociclistas organizam, via grupos de whatsapp, um "rolê" de grande dimensão para o réveillon, entre o final da noite do dia 31 e início da madrugada do dia 1. As motocicletas utilizadas pelos  baderneiros contam com a modificação de um escapamento torbal estralador - responsável pela emissão dos ruídos ensurdecedores.


Sobre a reunião de hoje "Nosso objetivo é achar uma solução e buscar operar de forma integrada", concluiu o comandante do 8ºBPM. 


A reunião segue a linha do projeto defendido pelo Policial Federal e especialista em segurança pública, Roberto Uchôa. De acordo com ele, todas as motos que gerassem desconfiança, por parte dos agentes, de alguma modificação para emissão de maiores ruídos deveriam ser coletadas e apreendidas nas delegacias de Polícia Civil. "Elas seriam apreendidas para que fosse feita a perícia. Com isso você poderia atestar, ou não, a modificação da moto. Mas só a apreensão e o tempo que vai demorar para a moto ser avaliada pela perícia vai resultar em alguns meses sem a circulação desses veículos", explicou Uchôa. 


- Quando esses motoqueiros acharem que a qualquer momento suas motos podem ser apreendidas, você já desestimula. Sem inventar a roda você resolve o problema. Mas precisamos de liderança, para assumir o desgaste político que isso vai trazer - finalizou o Policial Federal e especialista em segurança pública. 


A prefeitura de Campos diz que busca solucionar o problema e, ao longo das últimas semanas foram intensificadas operações conjuntas entre a Guarda Civil Municipal (GCM) e Detran para coibir possíveis irregularidades encontradas no trânsito, em especial, em motocicletas.










Fonte: Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário