Transmissão da Covid-19 cresce em BH e se aproxima do nível vermelho - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Transmissão da Covid-19 cresce em BH e se aproxima do nível vermelho

 

Moisés Teodoro/BHAZ


O número médio de transmissão por infectado (RT) pelo novo coronavírus segue aumentando e está próximo de atingir o nível vermelho. Boletim epidemiológico divulgado segunda (16) aponta o indicador em 1,13, ainda na cor amarela. Os demais índices utilizados pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) seguem no verde: ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de enfermaria.


De acordo com o informe, a capital mineira tem 51.194 casos confirmados de Covid-19 e 1.566 mortes. O número de pacientes recuperados chegou a 47.349 e, em acompanhamento, 2.279. O RT indica a velocidade de transmissão da doença na cidade e, em caso de aumento, pode fazer com que o Executivo municipal adote medidas com o objetivo de evitar que mais pessoas sejam contaminadas.


MEDIÇÃO DO RT


  • 0 a 0,99 – verde
  • 1 a 1,19 – amarelo
  • acima de 1,20 – vermelho


Após ser reeleito prefeito da capital mineira, Alexandre Kalil (PSD), fez um pronunciamento domingo, em frente à residência, na região Centro-Sul de BH, e o novo coronavírus foi um dos temas abordados. Segundo o mandatário municipal, a situação da cidade é “muito confortável”.


O chefe do Executivo descartou recuo na flexibilização, mas fez uma ponderação. “Não há nenhum plano de fechamento da cidade. Isso não passa na cabeça de todos nós. Se vier uma onda arrasadora em Belo Horizonte, eu vou tomar as medidas que tenho que tomar e eu não tenho medo”, disse.


  • Indicadores


Veja como estão os indicadores utilizados pela prefeitura para monitorar o avanço da pandemia do novo coronavírus em Belo Horizonte:


  • Número médio de transmissão por infectado (RT) – 1,13 – nível amarelo
  • Ocupação de leitos de UTI Covid-19 – 31,8% – nível verde
  • Ocupação de leitos de enfermaria Covid-19 – 29,9% – nível verde


O boletim pode ser lido na íntegra clicando aqui.










Vitor Fórneas | BHAZ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário