Inea liberta aves capturadas pelo tráfico de animais silvestres - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Inea liberta aves capturadas pelo tráfico de animais silvestres

  Animais foram resgatados no município de Cordeiro, Região Serrana do Rio de Janeiro

Foto: Samir Mansur

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), por meio do Parque Estadual do Desengano, realizou na manhã de terça-feira (24/11), a soltura de dez pássaros que seriam vendidos no tráfico de animais silvestres. Entre as aves resgatadas no município de Cordeiro na Região Serrana do Rio de Janeiro, estavam seis Coleiros (Sporophila caerulescens), um Tiziu (Volatinia jacarina), um Trinca-ferro (Saltator similis) e dois Pixoxós (Sporophila frontalis), espécie ameaçada de extinção.


Os agentes da 3ª Unidade de Polícia Ambiental (Upam) encaminharam as aves apreendidas na segunda-feira (23/11) para atendimento médico veterinário. A avaliação atestou que os animais estavam saudáveis e que pertenciam ao bioma local. Em seguida, acionaram a equipe do Parque Estadual do Desengano para a realização da soltura dos animais na Mata Atlântica.


O gestor do Parque Estadual do Desengano Carlos Dário, explica que as aves foram libertadas na área de amortecimento da unidade de conservação. “Os pássaros estavam muito agitados na gaiola, o que significa que haviam sido capturados recentemente. Soltamos eles logo pela manhã para terem mais tempo de se readaptar à natureza enquanto há luz do dia”, acrescenta Dário.


Denúncias de crimes ambientais em todo o Estado do Rio podem ser feitas ao Linha Verde por meio dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local), 2253-1177 (capital), ou através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia Rio”, onde usuários com sistema operacional Android ou iOS podem denunciar anexando fotos e vídeos, com a garantia de anonimato










Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário