Casal é espancado por moradores após suspeita de abuso sexual contra menina de 7 anos em São Fidélis - CMN - Campos Magazine News

News

terça-feira, 10 de novembro de 2020

Casal é espancado por moradores após suspeita de abuso sexual contra menina de 7 anos em São Fidélis

De acordo com a polícia, parentes denunciaram o crime e afirmaram que mãe da criança teria permitido que o namorado cometesse os abusos. Casal foi levado para o hospital, mas já recebeu alta. Exames médicos e de corpo de delito apontaram indícios de violência sexual.

Um casal foi espancado na noite da última segunda-feira (9) por moradores de São Fidélis, no Norte Fluminense. O espancamento aconteceu após se espalhar pelo município a informação de que a mulher agredida supostamente sabia e permitia que a filha, de 7 anos, fosse abusada sexualmente pelo namorado, que também foi agredido. A Polícia Civil investiga os crimes.


De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Rodolfo Maravilha, a criança foi levada por parentes à delegacia na semana passada porque teria sofrido abuso sexual. Um boletim de atendimento médico e o exame de corpo de delito apontaram indícios de violência sexual.


Ainda de acordo com a polícia, testemunhas foram ouvidas, incluindo a mãe da vítima, que tinha a guarda da criança, e o namorado dela, que segundo os parentes que fizeram as denúncias, seriam os autores do crime. Ambos negaram.


Na noite de segunda, pessoas foram à casa da mãe e quatro homens invadiram a residência e agrediram o casal. A polícia abriu outro inquérito, para investigar esta agressão.


O casal chegou a ser levado para o hospital, foram atendidos e liberados. O hospital também chegou a ser cercado por populares, segundo informações da polícia, que foram retirados pelos agentes e levados para prestar depoimento na delegacia.


Nesta terça-feira (10), a criança passará por uma avaliação psicossocial, de acordo com a polícia.


Ainda de acordo com a 141º DP, em São Fidélis, o caso envolvendo a criança é prioridade da unidade e que tudo será apurado com rigor técnico e testemunhal, inclusive a mãe e o namorada serão chamados para novos esclarecimentos na delegacia.









Fonte: RJ1 — Norte Fluminense

Nenhum comentário:

Postar um comentário