Crianças encontradas sozinhas em casa foram entregues à família pelo Conselho Tutelar - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Crianças encontradas sozinhas em casa foram entregues à família pelo Conselho Tutelar

Divulgação
O caso que chamou a atenção da população campista, domingo (2), em que duas crianças, sendo uma menina de  2 anos e 8 meses e um menino de 1 ano e 2 meses, foram encontrados sozinhos dentro de casa depois de chorar durante a madrugada inteira, ainda não teve um desfecho. O caso aconteceu na rua Aguinaldo Machado, no Jóquei Clube, em Campos. 

Até o momento, a mãe dos menores ainda não foi localizada. Segundo o Conselho Tutelar, a menina foi entregue a uma tia. Já o menino, foi entregue ao pai. Nem o pai, nem a tia, no entanto, souberam informar o paradeiro da suspeita.

Segundo a Polícia Militar, as crianças estavam sozinhas na casa em que moram com a mãe. Os vizinhos ouviram o choro e acionaram a PM.

De acordo com a PM, vizinhos teriam feito a denúncia, via 190, sobre o choro de criança durante toda a noite. Uma equipe foi até o endereço e conseguiu entrar na casa após forçar o portão de grade para quebrar o cadeado. As crianças foram encontradas sozinhas.

Pela situação que as crianças estavam, eles ficaram sozinhos a noite toda. Eles estavam com fome, não estavam com a higiene asseada. O local não era insalubre, mas não estava muito organizado, mesmo porque as crianças ficaram muito tempo sozinhas. Os vizinhos relataram muito choro durante a noite, mas a denúncia só chegou pela manhã para a Polícia Militar — disse a conselheira que acompanha o caso e que preferiu não se identificar.

Após os militares resgatarem as crianças, a tia-avó apareceu, mas não soube explicar o paradeiro da responsável legal pelos dois. A parente e as crianças foram encaminhadas à 134ª Delegacia de Polícia (Centro), onde o caso foi registrado. Segundo a polícia, a mãe poderá responder na justiça pelo crime de abandono de incapaz.







Fonte: JTV | Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário