Apesar da autorização, maioria das lojas do Centro decidiu não abrir nesta quinta; Sexta será ponto facultativo - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Apesar da autorização, maioria das lojas do Centro decidiu não abrir nesta quinta; Sexta será ponto facultativo

Serviços essenciais, inclusive os atendimentos médicos, estão mantidos
Foto Reprodução JTV
A Prefeitura informou que a Força-tarefa de Combate ao Coronavírus estará nas ruas para fiscalizar o cumprimento das normas de segurança. Apesar da autorização, maioria das lojas do Centro decidiu não abrir nesta quinta. De acordo com o decreto, o comércio de rua poderá funcionar de 8h às 18h e os shoppigns no mesmo horário ou de 12h às 22h.

A prefeitura decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais na sexta-feira (7), em razão do feriado municipal do Dia do Santíssimo Salvador, padroeiro de Campos dos Goytacazes, que é celebrado hoje (6).

Segundo o decreto que estabeleceu o ponto facultativo, os serviços essenciais, inclusive os atendimentos médicos, plantões médico-hospitalares, funcionarão normalmente, sem interrupção. No entanto, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) não funcionarão.

De olho nas faltas — Na última terça-feira (4), a Fundação Municipal de Saúde alertou, por meio de uma circular publicada no Diário Oficial (D.O.), que “o servidor público vinculado aos serviços essenciais, inclusive aos atendimentos médicos, plantões médico-hospitalares, que deixar de comparecer, injustificadamente, à sua unidade de lotação, para exercer suas funções laborais nos dias 6 e 7 de agosto (quinta e sexta feira), responderá a processo administrativo disciplinar com vistas a apuração de falta grave, na forma prevista no art. 134, inciso IV, da Lei 5.247/9”, destacou o artigo 1º da circular, assinada por Alexandro de Oliveira Alves.

Ocorrendo a violação da determinação prevista no art. 1º desta circular, os responsáveis por Unidades e/ou Setores da Fundação Municipal de Saúde, identificarão o servidor infrator, sob pena de responsabilidade pessoal”, finalizou o documento publicado no D.O desta terça.






Fonte: JTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário