Covid mata dois todos os dias em Campos há sete semanas - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 18 de julho de 2020

Covid mata dois todos os dias em Campos há sete semanas

Com 151 mortes e 2.486 casos confirmados de Covid-19 até ontem, a taxa de letalidade da doença em Campos chegou a 6,1%. O número é menor do que a média do Estado do Rio de Janeiro, que possui o maior índice entre todos os estados brasileiros, com 8,8%. No entanto, em outras comparações, a letalidade do coronavírus na planície goitacá é a maior da região – quase o dobro do Norte e Noroeste Fluminense, com 3,2% – e supera até a taxa nacional, de 3,8%.

Além disso, outro dado que preocupa é o que mostra que Campos completou, nessa sexta-feira, 53 dias seguidos com novas mortes. Desde 26 de maio, foram 124 vidas perdidas para a pandemia, uma média de 2,3 óbitos a cada 24 horas. Por outro lado, a última semana, entre os dias 7 e 13 de julho, registrou a menor média diária de novos casos confirmados desde o início da flexibilização das atividades comerciais, em 2 de junho.

A Prefeitura também informou que a ocupação dos leitos de UTI exclusivamente para Covid-19 continua em 90%, enquanto a taxa é de 70% entre os leitos clínicos, ao passo que o prefeito Rafael Diniz (Cidadania) manteve a fase amarela no plano de flexibilização da economia, que corresponde ao nível intermediário. No entanto, será permitida a abertura de shoppings e de comércio de rua também aos sábados, mas com restrições, a partir desta segunda-feira (20).

Desde o início da flexibilização, que aconteceu em uma terça-feira, os números de novos casos confirmados têm variado a cada sete dias, mas atingiu a menor marca entre os dias 7 e 13 de julho, com 132 infectados e média de 18,8 casos por dia. Segundo a Prefeitura, o município tem encontrado dificuldades em conseguir contabilizar todos os dados no sistema do Ministério da Saúde desde o último domingo (12). Com isso,os dados desta semana estão bem menores. De segunda até a última quinta, foram 36 registros.

Porém, ontem, o município registrou 116 novos casos. Muitos desses estavam represados durante a semana. Desta forma, já são 152 infectados confirmados desde a última segunda-feira, com uma média de 30,4 casos a cada 24 horas, superando os números contabilizados entre 7 e 13 de julho.

A Prefeitura também vem ampliando a testagem da população. Segundo especialistas, o aumento da oferta dos exames para detecção de Covid-19 acaba, naturalmente, aumentando o número de casos confirmados, permitindo um mapeamento mais real da pandemia. Com isso, o índice de letalidade acaba caindo naturalmente.

Segundo uma nota técnica divulgada por pesquisadores da Uerj e UFRJ no final de junho, o alto índice da relação número de mortes e casos confirmados no Estado pode ser explicado pela baixa quantidade de testes realizados e uma grande subnotificação de casos no Rio de Janeiro.

A superintendência de Postura divulgou que reforçou a fiscalização com a entrada do município na fase amarela do plano de flexibilização. No caso de flagrante, a população pode realizar denúncias via WhatsApp da superintendência de Postura no número (22) 981683645.
As ações, segundo a Postura, são reforçadas ainda mais nas quartas, quando acontecem jogos de futebol e as ruas tendem a ficar mais cheias, também com apoio da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar.




Fonte: Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário