Cerca de 70% dos bancários com Covid-19, diz Sindicato dos Bancários de Campos - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Cerca de 70% dos bancários com Covid-19, diz Sindicato dos Bancários de Campos

Reprodução

Cerca de 70% dos bancários testaram positivo para a Covid-19, considerando 33 agências bancárias com atendimento ao público em Campos e em outras 22 agências situadas em sete cidades nas regiões Norte e Noroeste do Estado, que pertencem à base do Sindicato dos Bancários de Campos. 
A informação foi do diretor jurídico da entidade, Hugo Diniz. 

Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que sempre que alguma agência tem caso suspeito de contaminação de funcionário por Covid-19, ela é fechada por até dois dias para que se faça a higienização do local, sendo reaberta com outra equipe de funcionários. A recomendação é que a população fique em casa e busque por atendimento somente em casos de extrema necessidade.

Diniz aponta que, além de Campos, a infestação do vírus, que provocou o fechamento de agências bancárias, ocorreu em São João da Barra (SJB), São Francisco de Itabapoana (SFI), Cardoso Moreira, Italva, São Fidélis, Itaocara e Aperibé. 
 
O diretor informou ainda que, até o momento, o atendimento ao público permanece contingenciado, até às 14h, com limitação de acesso no interior das agências. "É importante ressaltar que o atendimento é garantido ao cliente, mas estritamente em casos de necessidade afim de se evitar aglomeração. Caso a população encontre alguma irregularidade nas agências bancárias, o sindicato está à disposição, mas o órgão indicado a ser acionado é o Procon", acrescentou. O contato da superintendência do Procon de Campos é: (22) 98175-2561.

Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que "em linha com a preocupação das autoridades locais, o sistema bancário continuará empregando todos os esforços para preservar a saúde de clientes e funcionários e irá colaborar com as autoridades sanitárias, como já vem fazendo ao longo das últimas semanas.

As instituições bancárias disponibilizaram a testagem para 100% dos seus empregados, para a realização conforme a ocorrência dos sintomas, evitando assim os testes falso positivos e a contaminação nas clínicas que ministram os exames. Além disso, as maiores instituições financeiras do país colocaram serviços de telemedicina à disposição dos bancários para que possam se prevenir e controlar o surgimento dos sintomas. Tais procedimentos foram tratados em reunião com líderes sindicais bancários de todo o país.

O setor bancário também vem incentivando o uso de canais digitais como forma principal de atendimento e a redução da quantidade máxima de clientes e funcionários no interior das agências bancárias. Também orienta a sinalização de piso no interior e parte externa das agências com o objetivo de manter o distanciamento, o deslocamento de pessoal próprio para orientar a formação de eventuais filas na parte externa, o estabelecimento de horário exclusivo para atendimento de clientes de maior risco e a higienização mais frequente dos terminais eletrônicos e das instalações das agências.

A Febraban ratifica seu compromisso com a saúde pública e com a manutenção dos serviços essenciais, ressaltando que todos os canais digitais estão à disposição dos clientes e devem ser priorizados, de forma a evitar aglomerações desnecessárias".






Fonte: Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário