Voos para o RJ continuam suspensos, mas ônibus voltam a circular - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 17 de junho de 2020

Voos para o RJ continuam suspensos, mas ônibus voltam a circular

Quem precisa se locomover entre a cidade de Campos e o Rio de Janeiro, além do transporte próprio, tem apenas uma opção: o trajeto via ônibus. A empresa 1001 voltou a operar na linha, só que agora está apenas com 50% da capacidade de passageiros, além de tomar uma série de cuidados para evitar a propagação do coronavírus. O transporte público intermunicipal coletivo ficou impedido de circular no estado do Rio de Janeiro desde o mês de março, quando um decreto estadual proibiu a circulação como parte das medidas de isolamento social. A volta ocorreu no início deste mês.

Segundo a Autoviação 1001, quatro horários estão operando de forma direta entre Campos x RJ e outros horários também operam durante o dia, porém, parando em outras cidades. Os valores das passagens não tiveram alterações.

Quanto aos procedimentos de higienização, foram adotados o uso obrigatório de máscaras por todos, higienização nos ônibus com produtos específicos, implementação de dispositivos de álcool gel em todos os veículos para uso antes do embarque e instalação de filtro antipólen nos guichês das rodoviárias. Além dessas medidas, está sendo reforçada a orientação de distanciamento e a empresa está utilizando um equipamento que funciona produzindo uma vaporização fina com partículas microscópicas que podem ser lançadas a metros de distância”, informou a nota.

Sem previsão para volta de voos

Se os ônibus voltaram, o mesmo não aconteceu com os voos comerciais com chegada e saída de Campos a partir do aeroporto Bartolomeu Lisandro (CAW). Atualmente, a empresa Azul é a única que faz essa linha aérea, já que a Passaredo – que ia começar a operar também – não chegou a iniciar as operações por causa do novo coronavírus. Segundo a Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), os voos da Azul estão suspensos, ainda sem previsão de retorno.

Apenas a Shell mantém os voos no momento, mas em número reduzido e com todos os cuidados de prevenção”, informou a Codemca. A Shell faz apenas voos offshore.

Além da confirmação da prefeitura, por telefone, um funcionário do aeroporto informou que todos os voos comerciais da Azul foram interrompidos por, no mínimo, três meses e que, por enquanto, não há perspectiva de retorno. A Azul também confirmou que as operações no aeroporto de Campos estão suspensas desde março e sem previsão de retorno.





Fonte: Jornal Terceira Via

Nenhum comentário:

Postar um comentário