Pesquisa do Ministério da Saúde com testes em Campos para a 3ª fase de mapeamento - CMN - Campos Magazine News

News

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Pesquisa do Ministério da Saúde com testes em Campos para a 3ª fase de mapeamento

A coleta de dados é feita de casa em casa pelos profissionais do Ibope Inteligência. A Vigilância em Saúde destaca que o objetivo é medir o nível de imunização da população.
Foto: Rodrigo Silveira
Entre os dias 21 e 23 de junho, Campos participa da terceira fase do mapeamento do Ministério da Saúde para estimar o real número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Brasil. No início do mês, pesquisadores do Ibope Inteligência estiveram no município e coletaram testes de mais de 180 campistas. A meta é atingir 250 testes nesta terceira fase.

O estudo do Ibope é contratado.pelo Ministério da Saúde e coordenado pelo Centro de Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). As equipes vão de porta em porta para coletar dados e fazer teste. A pesquisa está sendo feita em 133 cidades brasileiras.

É importante que os pesquisadores possam coletar os dados, por isso, é fundamental a participação de todas as residências selecionadas. Em cada domicílio, é escolhido um morador para participar do inquérito. Durante a visita será aplicado um questionário sobre a existência de doenças preexistentes e possíveis sintomas de Covid-19 nos últimos 30 dias, além da realização de um teste sanguíneo rápido que utiliza metodologia por punção digital.

A expectativa é testar cerca de 33 mil pessoas em cada etapa, sendo 250 pessoas em cada município selecionado. Ao todo, cerca de 100 mil pessoas devem ser testadas em todo o país. A Vigilância em Saúde destaca que o objetivo é medir o nível de imunização da população.

- A pesquisa foi contratada pelo Ministério da Saúde para termos informações mais detalhadas sobre a situação de casos, ampliando cada vez mais o conhecimento sobre a doença. Por isso, a importância da participação dos selecionados - destacou a diretora de Vigilância em Saúde, Andreya Moreira.

Em todo o país, o Governo Federal disponibilizou 150 mil testes rápidos que detectam a presença de anticorpos IgM (de infecção mais recente) e IgG (de infecção mais antiga) para o novo coronavírus, a partir de amostras de sangue. Com os resultados do estudo, será possível criar estratégias mais precisas para o combate da pandemia, além de ações e programas de prevenção.

Em caso de dúvidas basta ligar para 0800 800 5000 ou enviar um e-mail para pesquisa.covid-19@ibopeinteligencia.com




Supcom

Nenhum comentário:

Postar um comentário