Com aperto no bolso durante a pandemia, artistas de Campos reivindicam cachês de shows do verão - CMN - Campos Magazine News

News

domingo, 10 de maio de 2020

Com aperto no bolso durante a pandemia, artistas de Campos reivindicam cachês de shows do verão

Divulgação
Vários artistas residentes em Campos foram afetados pela mudança de rotina causada pela pandemia do novo coronavírus, que levou ao fechamento de bares e casas noturnas e, consequentemente, ao cancelamento de agendas de shows. 

Além da impossibilidade de realizarem apresentações, músicos da cidade lamentam a falta de incentivo por parte da Prefeitura e o não recebimento do cachê por apresentações no Verão 2020. A superintendência de Entretenimento e Lazer se posicionou informando que solicitou notas fiscais e trabalha para agilizar os pagamentos, e que um edital emergencial, fruto de parceira público-privada, será lançado para beneficiar a classe. Em iniciativa de alguns artistas, uma vaquinha on-line foi criada para arrecadar doações.

Parte da categoria tem reivindicado o cachê do Verão 2020, que deveria ser pago 60 dias após a realização dos shows. 

A presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Cristina Lima, alegou que, por ora, o órgão está impossibilitado de oferecer alternativas aos artistas. “Quando você lança um edital, tem que ter uma proposta de investimento financeiro. E, no momento, como a Prefeitura decretou o estado de calamidade pública, todas as verbas são direcionadas para a Saúde. Então, não temos condições de lançar um edital e não temos uma previsão”, disse Cristina.

A superintendência de Entretenimento e Lazer, por sua vez, informou em nota que “segue internamente com o trabalho para agilizar todos os processos. Estão tramitando os processos para pagamento dos shows de janeiro e fevereiro deste ano, e a superintendência já solicitou as notas fiscais às empresas que representam os artistas”. 

Segundo a nota, “a secretaria municipal de Fazenda está efetuando os pagamentos à medida que as notas chegam e que haja disponibilidade financeira. Em relação à Prefeitura de Campos lançar algum programa de incentivo, já está sendo providenciado um edital emergencial através de parceria público-privada”. O ex-superintendente de Entretenimento e Lazer, Hélio Nahim, deixou o cargo para concorrer a vereador nas próximas eleições. Consta no site da Prefeitura que Fabiano dos Santos Gomes, até então superintendente adjunto, assumiu a titularidade da pasta.

Vaquinha — Enquanto os músicos não podem retomar as atividades e parte deles permanece sem o cachê do Verão 2020, uma vaquinha on-line está em andamento. As contribuições devem ser feitas pelo link http://vaka.me/1005436.





Fonte: Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário