Justiça manda Netflix retirar do ar o Especial de Natal do Porta dos Fundos - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Justiça manda Netflix retirar do ar o Especial de Natal do Porta dos Fundos

Reprodução
O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou a retirada do "Especial de Natal Porta Dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo" do ar na Netflix. A decisão é provisória e foi determinada pelo desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível.

Segundo o magistrado, tirar o vídeo do ar é "mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo". Ainda de acordo com o desembargador, a liminar é para "acalmar os ânimos".

A ação foi impetrada pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, e foi negada na primeira instância. O pedido surgiu após o especial de Natal da produtora ser divulgado pela Netflix. O episódio insinua uma experiência homossexual de Jesus, após passar 40 dias no deserto, o que causou revolta em alguns cristãos. A Porta dos Fundos, então, começou a receber críticas pela internet.

Na véspera de Natal, a sede da produtora, no bairro Humaitá, na Zona Sul do Rio, foi atacada por um grupo, que jogou coquetéis molotov no interior do prédio. Somente um segurança estava no local, mas ele não ficou ferido. Até agora, a 10ª DP (Botafogo), que está à frente das investigações, identificou a participação do empresário Eduardo Fauzi. Dias depois, a Polícia identificou que o suspeito viajou para a Rússia. 

A Netflix ainda não se manifestou sobre a decisão.




O Fluminense

Nenhum comentário:

Postar um comentário