BNDES autoriza empréstimo para financiar construção de importante usina termelétrica em Macaé - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

BNDES autoriza empréstimo para financiar construção de importante usina termelétrica em Macaé

Reprodução
De olho no mercado brasileiro de gás natural, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai financiar a primeira usina termelétrica (UTE) brasileira a usar gás natural proveniente do pré-sal, que será construída em Macaé.

Em publicação em sua conta no Twitter, o prefeito de Macaé, Dr. Aluizio (PSDB), comemorou a notícia, com a expectativa de que a construção do empreendimento fomente o desenvolvimento econômico da cidade e da região.

2020, nova década, novos empregos, novas oportunidades”, escreveu o prefeito.

De acordo com a Agência Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), órgão do governo federal, o empréstimo, no valor de 2 bilhões de reais, será concedido à Marlim Azul Energia S.A., joint-venture formada pelo Grupo Pátria, pela Shell Gas, e pela Mitsubishi Hitachi Power Systems America.

A UTE Marlim Azul será construída no Complexo Logístico e Industrial de Macaé (CLIMA), do mesmo grupo responsável pela construção do novo Terminal Portuário de Macaé (Tepor), considerado estratégico por estar próximo ao Terminal de Cabiúnas, da Petrobras, que é o destino do gás natural do pré-sal via gasoduto Rota 2.

A reportagem da Agência Brasil cita também como grande fator logístico para a escolha do município para a implantação da usina a proximidade do Aeroporto de Macaé, do Porto de Imbetiba e das rodovias BR-101, RJ-168 e RJ-106.

Com nova pista de pouso e decolagem e novo terminal, o aeroporto passou a ser administrado pela Aeroportos do Sudeste do Brasil (ASeB), empresa do grupo suíço Zurich Airport, que venceu o leilão de concessões de aeroportos realizado pelo governo federal em março desse ano. Atualmente o aeroporto conta com voos diários para os aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro, e de Congonhas, em São Paulo.

Ainda de acordo com a reportagem da Agência Brasil, a UTE Marlim Azul terá capacidade instalada de 565,5 megawatts (MW) e vai gerar energia suficiente para abastecer mais de 2 milhões de domicílios, segundo informou o BNDES.

A usina vai acrescentar em torno de 510 MW médios ao Sistema Interligado Nacional, e tem previsão de entrar em operação em 2022, com a expectativa de gerar mais de 4 mil empregos diretos e indiretos durante sua construção e implantação.




Agencia Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário