Preços de combustíveis variam até 20% nos postos de Campos - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 16 de novembro de 2019

Preços de combustíveis variam até 20% nos postos de Campos

Foto: Genilson Pessanha
Os preços de gasolina e álcool em alguns postos de combustíveis de Campos guardam diferenças de mais de 20% o litro, entre um e outro estabelecimento. 

O etanol, especificamente, é encontrado em algumas bombas a R$ 3,49, mas em outras a um valor consideravelmente maior, a R$ 4,20. Na comparação com preços de outras cidades brasileiras, o campista paga mais caro.

A gasolina, em alguns estabelecimentos é vendida a R$ 4,68, mas em outros postos é comercializada a R$ 5,09. O óleo diesel mais barato custa R$ 3,49; o mais caro, a R$ 3,75.

Os preços foram levantados pela Agência Nacional de Petróleo de Gás (ANP) em 15 postos de combustíveis do município entre os dias 03 e 09 de novembro deste ano. A ANP informa que “acompanha semanalmente, por meio de levantamento de preços e de margens de comercialização de combustíveis, o comportamento dos valores praticados pelas distribuidoras e postos de combustíveis”.

A ANP informa que “de acordo com a lei 9.478, vigora no país o regime de liberdade de preços em toda cadeia de produção, distribuição, revenda de combustíveis e derivados de petróleo, sem qualquer tipo de tabelamento de preços ou exigência de autorização oficial prévia para reajuste de preços na comercialização”.

No entanto, campistas reclamam dos preços do combustível e os relacionam com o fato de Campos se localizar a alguns quilômetros das jazidas onde se produz a maior parte do petróleo brasileiro. “Eu acho que os preços deveriam ser bem mais em conta, até porque aqui produzimos a maior parte do petróleo do Brasil. O campista sempre leva prejuízo. No passado, tínhamos as usinas mas os preços do açúcar eram mais caros do que em outras cidades”, disse o motorista Francisco Carlos Henriques da Silva.

O taxista José Amaro Gomes conhece casos de pessoas que, quando viajam para São Paulo, preferem abastecer o carro no vizinho estado. “Tenho um irmão e alguns amigos que quando vão a São Paulo esperam chegar na divisa para encher o tanque por lá porque o preço é menor. No fim das contas a diferença é boa”, disse.

Em Campinas, o valor médio da gasolina comum é R$ 3,99; o mais caro, R$ 4,29. O etanol com preço mais baixo na bomba sai a R$ 2,67; o mais alto, R$ 2,89. Em Juiz de Fora o preço da gasolina mais barata é R$ 4,54; o litro mais caro saiu a 4,79; o etanol mais em conta fica por R$ 2,96; já o de preço mais elevado é R$ 3,75. 

Em Cuiabá, o consumidor encontra gasolina a R$ 4,35 o litro; o custo mais alto do produto é R$ 4,59. Na capital de Mato Grosso, a gasolina com preço mais suave é de R$ 4,35; o mais salgado é de R$ 4,59. O etanol mais barato fica por R$ 2,41; o mais caro, a R$ 2,79. 

Em Ribeirão Preto, os preços da gasolina variam entre R$ 3,99 e R$ 4,39; o etanol, entre R$ 2,59 e R$ 2,89. (P.R.P.P.)





Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário