Homens encapuzados invadem residência no Canaã e matam avô e neto de cinco anos - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Homens encapuzados invadem residência no Canaã e matam avô e neto de cinco anos

Familiar de Luis Gabriel passou mal e precisou ser socorrido / Isaías Fernandes
Um homem, de 38 anos, e seu neto, de 5, foram mortos a tiros dentro de casa, na rua Principal do bairro Canaã, em Guarus, no início da madrugada desta quinta-feira (7). As vítimas foram identificadas como Elcilenio Pinheiro da Fonte e Luis Gabriel da Fonte. 

Durante a ação, a esposa do homem e avó da criança, de 36 anos, também foi alvejada, mas foi socorrida e encaminhada para o Hospital Ferreira Machado. 

Os policiais colheram informações de testemunhas e constataram que o caso aconteceu após três suspeitos, com roupas camufladas e usando toucas ninja, adentrarem a residência. Na cena do crime, foram encontrados vários estojos de munição 9 milímetros. 

Ainda de acordo com a PM, o assassinato teria acontecido em retaliação aos homicídios em Pernambuca, na zona rural de Campos. As vítimas fatais seriam pai e filho do suposto autor das mortes ocorridas na madrugada da última segunda-feira (4).

Familiares relataram que Luis Gabriel completou cinco anos recentemente, no mês de outubro. O avô, Elcilenio, trabalhava em uma empresa de segurança. A mãe da companheira de Elcilenio informou que a filha, atingida por disparo nas costas, permanece internada no HFM. De acordo com a assessoria da unidade hospitalar, ela está no repouso do Politrauma do Pronto Socorro, em estado estável. A mulher falou sobre o genro e o bisneto.

— Ele era trabalhador. Trabalhava em uma empresa de segurança há vários anos. Ele era cristão, casado com minha filha no cartório, gente de bem. O neto tem 5 anos e não tinha nada a ver com a história. O motivo nos deixa ainda um pouco embabacados. Eles foram para o Canaã por ser uma melhor localização e também para auxiliar no cuidado dos pais de Elcilenio — contou a mulher.

Às 2h, o perito chegou ao local do crime e liberou os corpos para Instituto Médico Legal (IML). Os policiais militares se dirigiram à 146ª Delegacia de Polícia (Guarus), onde o caso foi registrado para investigação.
Gabriel, de 4 anos, morreu após ser baleado dentro de casa em Campos — Foto: Divulgação/Familiares





Fonte: Folha 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net