Cantores de K-pop são condenados à prisão por participação e divulgação de estupro coletivo - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Cantores de K-pop são condenados à prisão por participação e divulgação de estupro coletivo

Juiz Kang Sung Soo do Tribunal Distrital Central de Seul proferiu o veredicto contra cinco indivíduos, incluindo Jung Joon Young e Choi Jong Hoon
Cantores de K-pop são condenados por estupro - Reprodução
São Paulo - Dois cantores de k-pop foram condenados à prisão nesta sexta-feira. Jung Joon Young, do Drug Restaurant, e Choi Jong Hoon, da F.T. Island, são acusados de participar de um estupro coletivo, além de registrar e divulgar imagens do crime.

O juiz Kang Sung Soo do Tribunal Distrital Central de Seul proferiu o veredicto contra cinco indivíduos, incluindo Jung Joon Young e Choi Jong Hoon. Os tribunais condenaram Jung Joon Young a seis anos de prisão e Choi Jong Hoon a cinco anos de prisão, condenando-os por agredir sexualmente uma pessoa incapaz de resistir.

Eles também terão que passar 80 horas em um programa de reabilitação de violência sexual e enfrentarão restrições de emprego por cinco anos em qualquer organização relacionada a crianças e adolescentes. O pedido de acusação para colocar os cinco réus sob supervisão protetora foi negado.

Cinco indivíduos, incluindo Jung Joon Young e Choi Jong Hoon, foram acusados de estupro agravado na província de Gangwon em janeiro de 2016 e em Daegu em março de 2016. Eles também foram acusados de filmar e espalhar imagens que foram tomadas ilegalmente durante esse período.

A promotoria havia inicialmente pedido sete anos de prisão para Jung Joon Young e cinco anos para Choi Jong Hoon, além de participação em um programa de reabilitação para infratores e uma restrição de emprego por dez anos em qualquer organização relacionada a crianças e adolescentes.




Por O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net