13 aplicativos com malware que você deve excluir do celular - CMN - Campos Magazine News

News

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

13 aplicativos com malware que você deve excluir do celular

Apps com malware foram baixados mais de 2 bilhões de vezes; saiba excluir; Solicitam acesso às informações e colocam em risco a privacidade do usuário
Apps perigosos para Android foram baixados quase 2 bilhões de vezes
Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo
Um relatório realizado pela VPN Pro, empresa de pesquisa de segurança, revelou que aplicativos de antivírus gratuitos, e aparentemente benéficos, podem obter dados da pessoa por meio de permissões duvidosas. Os apps vêm com malwares que usam as autorizações feitas durante o processo de instalação para coletar e vender informações pessoais do usuário. Os softwares ainda estão disponíveis na Google Play Store e juntos somam mais de dois bilhões de downloads.

Divulgado na quarta-feira (6), o documento da VPN Pro esclarece que permissões, como o Bluetooth e Internet, são classificadas como normais pelo Google e são fornecidas por padrão. No entanto, permissões que podem afetar a privacidade do usuário ou a operação normal do aparelho são rotuladas como perigosas e, nesse caso, é a pessoa quem decide se concorda ao usar o aplicativo.

Entre as permissões mais nocivas estão o acesso à localização em tempo real e à câmera, inicialização automática do aplicativo e o upload de arquivos para o sistema sem necessidade de autorização prévia. Por meio desses acessos, os malwares também podem se espalhar e adicionar outras extensões maliciosas ao dispositivo.

Os aplicativos são apresentados como ferramentas de proteção para o aparelho, com funcionalidades para fazer limpeza da memória, varredura de vírus e otimizar o Android. Embora o Google já tenha sido notificado sobre a ação desses apps, nem todos foram retirados da plataforma. De acordo com o relatório, mesmo os que foram excluídos da Google Play Store conseguem desenvolver atividades maliciosas se permanecerem instalados no celular.

Confira abaixo a listagem dos aplicativos para excluí-los, caso tenha baixado no smartphone:

  • Mestre de segurança
  • Limpador de vírus, antivírus e limpador (MAX Security)
  • Antivírus grátis 2019
  • 360 Security
  • Virus Cleaner 2019
  • Super Phone Cleaner
  • Super Cleaner
  • Clean Master
  • Super Segurança
  • Antivírus free 2019
  • Antivírus para Android
  • Antivírus e limpador de virus
  • Antivírus Mobile

Caso você possua algum deles no dispositivo, a indicação é desinstalá-lo o quanto antes para evitar que seus dados sejam obtidos e impedir outros problemas de invasão.

Google cria mecanismo de defesa para reduzir riscos

Com uma variedade de aplicativos perigosos escapando de filtros de proteção e chegando aos aparelhos dos usuários, o Google espera reduzir o problema com a criação do App Defense Alliance.

Trata-se de uma força tarefa com empresas de segurança para ajudar a limpar a Google Play Store. Anunciada na semana passada, a aliança é formada pelas marcas ESET, Lookout e Zimperium. As companhias monitoram e pesquisam malwares para Android e, depois, relatam ao Google os problemas. O objetivo é encontrar rapidamente apps potencialmente prejudiciais e impedir que sejam publicados, garantindo a segurança da plataforma.

Como se proteger

É preciso ter cuidado e atenção na hora de baixar de qualquer app. É recomendável verificar a credibilidade do aplicativo por meio de comentários deixados por outros usuários, além de observar a reputação do desenvolvedor e evitar programas de marcas desconhecidas. Além disso, é importante rever as permissões dadas às ferramentas, desconfiar de solicitações de acesso às informações de privacidade e ativar a verificação em duas etapas para aumentar a segurança do seu dispositivo. 





TechTudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário