Volta a chover granizo no RJ; Nova Iguaçu decreta alerta máximo - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 26 de outubro de 2019

Volta a chover granizo no RJ; Nova Iguaçu decreta alerta máximo

Pode voltar a cair gelo no fim de semana. Granizada destruiu carros e telhados na Baixada na noite desta sexta-feira (26). Entenda o que causa o fenômeno.
Teto de casa na Cacuia, em Nova Iguaçu, ficou destruído — Foto: Reprodução/Redes sociais
Voltou a chover granizo na Baixada Fluminense neste sábado (26), mas sem a intensidade da granizada da noite de sexta (25) - quando pedras de gelo estilhaçaram o teto de casas e para-brisas de carros.

A Prefeitura de Nova Iguaçu decretou alerta máximo e orientou moradores de áreas de risco a sair de casa. A Defesa Civil do município está a postos no telefone 199.

E pode cair mais granizo no RJ neste fim de semana, alerta o Climatempo. Este sábado (26) permanecerá nublado e terá chuva moderada à tarde. No domingo (27), o sol volta forte, com máxima de 36°C, e chance de granizada à tarde.

Foram justamente o calor e a umidade alta que provocaram a chuva de granizo do início da noite desta sexta-feira (25). Essas condições se repetem no domingo.

No shopping, um vídeo mostra pelo menos 15 carros com o para-brisa ou o vidro traseiro quebrado. Na manhã de sábado (26), a lona de um circo em Mesquita estava toda furada.
Lona de circo em Mesquita toda furada — Foto: Reprodução/Redes sociais
Houve quem fez graça com a granizada. Nas redes sociais, fotos e vídeos mostram as pedras que caíram usadas para gelar bebida.

Nuvens altas trazem granizo

Segundo o Climatempo, granizo são pedras de gelo que se formam em nimbos-cúmulos, nuvens de grande extensão vertical que podem ter 12 km de altura.

Por serem altas, essas nuvens também são frias. As partes mais elevadas ficam em temperaturas abaixo de zero.

Elas são alimentadas pelo calor no solo, que faz evaporar a água. Quando as partículas entram na nuvem, são jogadas para o alto por correntes de ar quente e congelam.

Já em forma de gelo, porém microscópicas, as partículas podem ser jogadas para o alto novamente, ganhando tamanho à medida em que se fundem.

Quando atinge determinado peso, o granizo fura a nuvem e cai – perdendo massa no caminho. Quanto mais voltas o granizo dá dentro da nuvem, maior a pedra fica.

Podem chegar à superfície com um tamanho de bolas de tênis ou de um ovo.










G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net