Greve dos médicos da rede pública de Campos chega ao fim após 23 dias - CMN - Campos Magazine News

News

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Greve dos médicos da rede pública de Campos chega ao fim após 23 dias

A greve dos médicos de Campos chegou ao fim, na noite desta sexta-feira  (30),  após 23 dias de paralisação parcial. A decisão foi tomada durante a  assembleia geral  da categoria, no auditório da Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia.
Divulgação
A greve terminou um dia após ter ocorrido uma reunião, na sede da Prefeitura,  com o prefeito Rafael Diniz, com o secretário de Saúde, Abdu Neme, e com o procurador geral do município, José Paes Neto, quando foram tratadas as reivindicações da categoria em prol de melhores condições de trabalho para os servidores. Segundo o presidente do Simec, José Roberto Crespo, o resultado da greve foi positivo.

Durante a reunião, vários assuntos foram abordados. Dentre  os compromisso firmados estão a compensação do pagamento integral da categoria, incluindo gratificações e substituições, o abono das ausências ocorridas no período de greve, mediante a reposição de horas, a liberação do agendamento de férias, sem a necessidade de substituições (casos específicos serão tratados pelos gestores das unidades de saúde), a adoção do modelo de gestão por produtividade nos ambulatórios, respeitando o número de 60 consultas por semana, com a utilização do sistema de leitura biométrica. Ficou decidido ainda, que os plantões de 24h não sofrerão alterações, e que o departamento médico da secretaria municipal de Saúde será administrado por um profissional da medicina.




C24H

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net