Estudante campista deixa sua marca na história da ciência mundial - CMN - Campos Magazine News

News

domingo, 14 de abril de 2019

Estudante campista deixa sua marca na história da ciência mundial

Divulgação - Supcom
Bruna Pontes da Silva, de 13 anos, aluna da Escola Municipal Morangaba, em Rio Preto, é a segunda campista a deixar sua marca na história da ciência mundial ao emprestar seu nome para registrar um novo asteroide descoberto. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (12) pelo fundador da Campanha Internacional de Busca de Asteroides, o cientista americano Patrick Miller, durante o 12º Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica, na Câmara de Vereadores de Campos. 

Um grupo de adolescentes assistidos pela Fundação Municipal da Infância e da Juventude (FMIJ) também foi destaque no evento. Em todo o Brasil, foram descobertos apenas dois novos asteroides na última campanha, em 2018, e eles compõem um dos dois grupos a conquistar tal feito.

— Todo mundo sonha tocar o céu de alguma maneira. Campos dos Goytacazes vem fazendo isso através desse grande projeto e com a representatividade dos nossos alunos da rede municipal. Nós já tínhamos o Cristian dos Santos e agora temos também a Bruna. Dois jovens cujos nomes serão reconhecidos mundialmente. Projetos como esse abrem não só janelas, mas portas para despertar o interesse no conhecimento e no desenvolvimento da Educação —, destacou o secretário de Educação, Cultura e Esporte, Brand Arenari.

Surpresa com a honraria, Bruna vibrou com a notícia. “Eu nunca imaginei que o mundo todo fosse ficar sabendo do meu nome. Isso é muito legal. Eu estou muito feliz. Agradeço ao Patrick por ter me escolhido, a minha escola por me incentivar a participar desta campanha e a minha professora por me ajudar a todo o tempo”, disse a pequena. 

Ao todo, nove adolescentes da FMIJ participaram da Campanha Internacional de Busca de Asteroides em 2018. Três deles: Gabriel Manhães, Gustavo Correia e Kaylon Amaral descobriram um dos únicos dois novos asteroides confirmados em todo Brasil na campanha de 2018. Entre os vereadores presentes à solenidade, estavam Fábio Almeida, Joilza Rangel, Marcelo Perfil e Pastor Vanderly.

A presidente da FMIJ, Sana Gimenes, lembrou que esta não foi a primeira vez que assistidos pela FMIJ fazem uma descoberta como esta. Em 2017, os jovens Ruan Gomes, Pedro Enrique Manhães e Carlos Gabriel da Silva também descobriram um asteroide durante a campanha. “Desde o começo da gestão fizemos a parceria com o Clube de Astronomia Louis Cruls e implantamos na Fundação o projeto Escolinha de Astronautas. Já tivemos o prazer de ter dois grupos em anos consecutivos participando ativamente da campanha e fazendo a descoberta de novos asteroides. Através do projeto incentivamos as crianças e adolescentes a descobrirem a ciência, a fazer pesquisas e abrir novos caminhos”, pontuou.


Fonte: Supcom Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net