Alexandre Campello ataca intenção de Flamengo e Fluminense gerirem o Maracanã: 'Não seremos submissos a ninguém' - CMN - Campos Magazine News

News

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Alexandre Campello ataca intenção de Flamengo e Fluminense gerirem o Maracanã: 'Não seremos submissos a ninguém'

Reprodução
O Vasco manifestou seu desagrado com o interesse de Flamengo e Fluminense fazerem uma gestão compartilhada por esses dois clubes do Maracanã. O presidente Alexandre Campello convocou entrevista coletiva de urgência para avisar que entrará na Justiça se for preciso para garantir ao clube de São Januário a possibilidade de participar da gestão do estádio.

O dirigente foi duro nas palavras. Segundo ele, é no mínimo estranho que o edital do termo de gestão temporária do Maracanã tenha sido mudado duas vezes até que o Flamengo pudesse pleitear a gestão do estádio. Campello insinuou que houve favorecimento ao clube rubro-negro por parte do governo de Wilson Witzel.

— O Vasco não irá aceitar esse tipo de direcionamento, não seremos submissos a ninguém. O Maracanã é do povo, não pode ser de utilização de forma exclusiva ou preferencial por um dos clubes. Ele deve ser usado de maneira isonômica. Vamos buscar nossos direitos na Justiça ou em qualquer outra instância.

O dirigente voltou a defender a gestão compartilhada pelos quatro grandes clubes do Rio (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco), mais o governo estadual e a Federação de Futebol do Estado do Rio. Segundo ele, depois da segunda mudança no edital e da informação que o Flamengo tentaria a gestão do Maracanã isoladamente, Campello teve a iniciativa de buscar os dirigentes rubro-negros. Mas não gostou da conversa que teve.

— Eu entendi que eles teriam uma maior parte dos lucros e concordei, uma vez que disputarão mais partidas no estádio. Mas não aceitei que o clube fique fora da gestão do Maracanã. O estádio foi pago por mim, por vocês (da imprensa), abre uma possibilidade de muitas receitas para os clubes. Não aceitamos esse tipo de associação.

Em seguida, uma reunião entre os quatro clubes grandes aconteceu na Ferj para que um acordo pudesse ser traçado. Enquanto que o Flamengo não se manifestou, o Fluminense disse que tinha um projeto para assumir sozinho a gestão do Maracanã. Nesta quinta-feira, o Tricolor apareceu ao lado do clube rubro-negro como interessados em assumir o estádio.

— Sendo chaveirinho no bolso de alguém, o Vasco não aceita. Se o Fluminense aceita os termos do Flamengo, é um direito deles.

O Vasco afirmou que está estudando com o departamento jurídico a melhor maneira de agir daqui para frente. Vale destacar que a gestão compartilhada entre Flamengo e Fluminense, caso confirmada na sexta-feira pelo governo do Rio, será temporária, válida por 180 dias, até que um novo processo de licitação seja convocado para definir quem assumir o Maracanã definitivamente.


Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net